Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução da suscetibilidade antimicrobiana in vitro de Staphylococcus spp. isolados do leite de vacas de rebanho submetido ao tratamento não convencional da mastite

Processo: 20/09470-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Inspeção de Produtos de Origem Animal
Pesquisador responsável:Luiz Francisco Zafalon
Beneficiário:Larissa Cristina Brassolatti
Instituição-sede: Pecuária Sudeste. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Leite   Resistência microbiana a medicamentos   Staphylococcus aureus   Microbiologia

Resumo

A mastite é reconhecida como uma das principais doenças na bovinocultura leiteira, por acarretar grandes prejuízos econômicos devido à redução da produção de leite e alteração da qualidade do produto. A doença é causada principalmente por bactérias do gênero Staphylococcus spp., que apresentam a capacidade de permanecer no rebanho por longos períodos, causando quadros crônicos persistentes. Em rebanhos com manejo orgânico, produtores e técnicos utilizam formas não convencionais para tratamento e controle da doença, como a homeopatia. Entretanto, são desconhecidas as possíveis alterações dos perfis de suscetibilidade dos micro-organismos quando um rebanho deixa de ser submetido a esse tipo de tratamento. Assim, este estudo tem como objetivo caracterizar a ocorrência e os perfis de resistência antimicrobiana in vitro em Staphylococcus spp., isolados em leite de vacas de rebanho com histórico de tratamento da mastite com homeopatia. Amostras de leite serão obtidas para a investigação da etiologia infecciosa da mastite causada por Staphylococcus spp. e contagem de células somáticas. As produções de leite das vacas do rebanho também serão quantificadas e a relação entre os micro-organismos isolados com a contagem de células somáticas e a produção de leite de vacas tratadas e não tratadas com homeopatia será estabelecida. As bactérias identificadas como pertencentes ao gênero Staphylococcus serão submetidas a testes confirmatórios para a identificação genotípica das espécies e testes de suscetibilidade in vitro serão realizados por meio da técnica de disco-difusão nos micro-organismos isolados do leite.