Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da ação de peptídeos sintéticos como antivirais contra o SARS-CoV-2 (COVID-19) e avaliação combinada com anti-inflamatórios comerciais

Processo: 20/12519-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Eduardo Maffud Cilli
Beneficiário:Paulo Ricardo da Silva Sanches
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/05761-3 - Estudo da ação de peptídeos sintéticos como antivirais contra o SARS-CoV-2 (COVID-19) e avaliação combinada com anti-inflamatórios comerciais, AP.R
Assunto(s):Pandemias   Infecções por Coronavirus   SARS-CoV-2   COVID-19   Replicação viral   Síntese de peptídeos   Antivirais   Anti-inflamatórios

Resumo

A persistência de pandemias humanas, vírus emergentes e re-emergentes e a evolução de linhagens virais ditam a busca por novos compostos com potencial antiviral. Pandemias como a atual, causada pelo SARS-Cov-2, afetam diretamente os setores da saúde, economia, comércio, turismo entre outros. Além disso, devido à alta e rápida disseminação do mesmo, há saturação de hospitais e centros de saúde, fato que contribui para o aumento de mortes em todo o mundo. Diante do atual quadro de pandemia e o grande problema de saúde pública mundial que o vírus SARS-CoV-2 representa, além da necessidade de desenvolvimento de tratamentos eficazes para essa doença e possíveis epidemias/pandemias futuras, é de suma importância o estudo voltado para a identificação de novos compostos com ação antiviral contra o SARS-CoV-2. Assim, o objetivo deste estudo será identificar e investigar o potencial de peptídeos em atividades virucida, protetiva e inibidora de replicação viral citoplasmática. Peptídeos e bioconjugados têm mostrado promissores resultados nos diferentes estágios da infecção viral. Ao final dos ensaios, os compostos serão classificados em três grupos (virucidas, protetivos e inibidores de replicação citoplasmática) e identificaremos os possíveis mecanismos envolvidos na regulação da replicação in vitro do SARS-CoV-2. Adicionalmente, avaliaremos os peptídeos selecionados em conjunto com anti-inflamatórios comerciais não esteroides à fim de avaliar um tratamento conjunto para a infecção e para uma possível resposta inflamatória, comum em casos de infecção causadas pelo SARS-CoV-2. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FREIRE, MARJORIE C. L. C.; NOSKE, GABRIELA D.; BITENCOURT, NATALIA V.; SANCHES, PAULO R. S.; SANTOS-FILHO, NORIVAL A.; GAWRILJUK, VICTOR O.; DE SOUZA, EDUARDO P.; NOGUEIRA, VICTOR H. R.; DE GODOY, MARIANA O.; NAKAMURA, ALINE M.; FERNANDES, RAFAELA S.; GODOY, ANDRE S.; JULIANO, MARIA A.; PERES, BIANCA M.; BARBOSA, CECILIA G.; MORAES, CAROLINA B.; FREITAS-JUNIOR, LUCIO H. G.; CILLI, EDUARDO M.; GUIDO, RAFAEL V. C.; OLIVA, GLAUCIUS. Non-Toxic Dimeric Peptides Derived from the Bothropstoxin-I Are Potent SARS-CoV-2 and Papain-like Protease Inhibitors. Molecules, v. 26, n. 16 AUG 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.