Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da identificação rápida pela espectrometria de massa por Matrix-Assisted Laser Desorption/Ionization Time-of-Flight (MALDI -TOF) em bacteremias por bacilos gram negativos combinada ao programa de uso racional de antibióticos em tempo real em unid

Processo: 20/11335-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Thaís Guimaräes
Beneficiário:Roberto Dellape Junior
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/24021-0 - Impacto da identificação rápida pela espectrometria de massa por matrix-assisted laser desorption/ionization time-of-flight (MALDI -TOF) em bacteremias por bacilos Gram negativos combinada ao programa de uso racional de antibióticos em tempo real, AP.R
Assunto(s):Mortalidade   Bactérias gram-negativas   Bacteremia   Farmacorresistência bacteriana   Antibióticos   Espectrometria de massas por ionização e dessorção a laser assistida por matriz

Resumo

Introdução: Infecções de corrente sanguínea representam importante causas de morbimortalidade em pacientes em terapia intensiva. Tem-se demonstrado impacto benéfico de métodos microbiológicos rápidos para acelerar o resultado da identificação e de testes sensibilidade dos agentes infecciosos aos antimicrobianos como estratégia eficaz na assistência desses pacientes e, assim, contribuir para apropriação do antibiótico empírico mais rápido e dirigido para o correto tratamento dessas infecções. Objetivos: Determinar o tempo necessário para a identificação e perfil de sensibilidade da bacteremia por bacilos Gram negativos (BGN) utilizando EM MALDI-TOF e detecção de genes de resistência e adequação da terapia antibiótica empírica com desfechos clínicos. Metodologia: Estudo quasi-experimental realizado nas UTIs. Serão incluídos pacientes maiores 18 anos com hemocultura positiva por BGN monobacteriana após 48 horas da admissão e seguidos até alta da UTI ou morte após o primeiro episódio de ICS. Informações de idade, sexo, origem da ICS, PITT score, agente microbiano isolado, perfil de sensibilidade, mortalidade em 14 e 30 dias e uso de antibiótico empírico serão coletados. Discussão: Apesar da EM MALDI-TOF ser utilizada, a adequação da antibioticoterapia é realizada somente após o resultado do TSA (média 2,8 dias). Propõem-se realizar uma intervenção em tempo real para adequar a terapia precoce e dirigida baseada na identificação do agente diretamente da hemocultura através de MALDI-TOF e detecção de genes de resistência e avaliar o impacto desta intervenção em desfechos clínicos e econômicos. (AU)