Busca avançada
Ano de início
Entree

Levantamento de Inimigos Naturais (Insecta) e Pulgões (Hemiptera: Aphididae) em Plantas Daninhas Adjacentes a Culturas Agrícolas

Processo: 20/14112-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Terezinha Monteiro dos Santos Cividanes
Beneficiário:Amanda Cardoso Barbelli
Instituição-sede: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/19250-0 - Diversidade e Flutuação Populacional de Inimigos Naturais (Insecta) e Pulgões (Hemiptera: Aphididae) em Plantas Daninhas Adjacentes a Culturas Agrícolas, AP.R
Assunto(s):Plantas hospedeiras   Predação   Parasitoides

Resumo

Plantas daninhas favorecem a ocorrência de insetos benéficos, principalmente os predadores, ao proporcionarem refúgio, pólen e néctar, ou espécies de presas alternativas. Consequentemente, ocorre incremento da diversidade desses organismos benéficos, como os Coccinellidae, Chrysopidae, Syrphidae e parasitoides (Hymenoptera). O sucesso de táticas de controle biológico conservativo depende do entendimento da interação ecológica entre plantas daninhas e inimigos naturais. O presente trabalho tem por objetivos determinar a diversidade e flutuação populacional de agentes entomófagos (predadores e parasitoides) e pulgões em plantas daninhas e verificar a influência de fatores meteorológicos sobre as populações das espécies dominantes. A amostragem será realizada quinzenalmente durante o período de dois anos. Ovos, larvas, pupas e adultos dos inimigos naturais e pulgões serão amostrados por meio de procura visual na parte aérea de plantas daninhas localizadas próximas a culturas agrícolas anuais e perenes. As fases imaturas de inimigos naturais coletados em campo serão mantidas em laboratório e as larvas alimentadas com ovos de Anagasta kuehniella (Zeller) (Lepidoptera: Pyralidae) e/ou pulgão Schizaphis graminum. Os adultos dos agentes entomófagos, pulgões e plantas daninhas serão identificados até a categoria de espécie.