Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel das funções cognitivas e sensoriais na habilidade de pitch-matching

Processo: 20/10310-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Caroline Nunes Rocha-Muniz
Beneficiário:Luana Guerino
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Audiologia   Processamento auditivo   Conforto acústico   Modelo experimental   Análise sensorial   Cognição

Resumo

Afinação vocal é a habilidade de reproduzir um modelo acústico vocalmente e para isso é necessário que o indivíduo possua integridade no sistema auditivo periférico e central, sendo assim capaz de perceber o estímulo sonoro com suas diversas características acústicas. Apesar de possuir alguns estudos na área do processamento auditivo em relação a afinação vocal, não há um consenso sobre os mecanismos que subjazem a capacidade de reprodução vocal de um modelo acústico. Desta forma o presente estudo tem como objetivo investigar a influência das funções cognitivas e das habilidades do processamento auditivo temporal, na capacidade de reproduzir vocalmente um modelo acústico em indivíduos não-músicos. Participarão do estudo 30 jovens-adultos normais. Todos os indivíduos serão submetidos a testes que avaliarão mecanismos cognitivos (atenção sustentada e memória de trabalho) e habilidade sensoriais do processamento auditivo (teste de padrão de frequência, Teste Gaps in Noise) e o teste pitch-matching (habilidade de produzir vocalmente uma frequência). A análise dos resultados será feita a partir da correlação entre o desempenho nos testes avaliados. Além disso, verificaremos se a assertividade para a reprodução vocal foi influenciada pelo desempenho nos testes de atenção, memória, TPF e GIN. Nossa hipótese é que, tanto as habilidades relacionadas as funções cognitivas mais superiores (como atenção sustentada e memória de trabalho) quanto as habilidades sensoriais auditivas (como o processamento auditivo temporal) estejam associadas com a afinação vocal.