Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre apoio social e sono de idosos cuidadores

Processo: 20/04363-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Ariene Angelini dos Santos Orlandi
Beneficiário:Daniele Cristina Barbosa
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Enfermagem geriátrica   Apoio social   Cuidadores   Sono   Vulnerabilidade social   Idosos   Inquéritos e questionários   Estudos transversais

Resumo

A falta de apoio social na velhice pode intensificar problemas de saúde, inclusive os relacionados ao sono. No contexto de cuidado, tanto a escassez de apoio social quanto os problemas de sono entre os cuidadores podem interferir na qualidade do cuidado oferecido e impactar negativamente na qualidade de vida e bem-estar dos envolvidos. Sendo assim, mediante a identificação precoce dessas condições, intervenções podem ser planejadas no sentido de reduzir os gastos com os serviços de saúde e melhorar a qualidade de vida desses indivíduos. Objetivo: analisar a relação entre apoio social e sono de idosos que cuidam de outros idosos. Método: estudo descritivo, correlacional, transversal, baseado na pesquisa quantitativa. Trata-se de um recorte de um estudo maior, do qual participarão idosos cuidadores de outros idosos (n±120). A amostra será composta diante dos seguintes critérios de inclusão: possuir 60 anos de idade ou mais; ser o cuidador primário de um idoso; residir na mesma casa que o idoso que recebe cuidados; estar cadastrado em uma Unidade de Saúde da Família inserida em contexto de alta vulnerabilidade social. Os critérios de exclusão serão: graves déficits de audição ou de visão, que possam dificultar comunicação. As entrevistas serão realizadas no domicílio dos participantes, entre setembro e dezembro/2020, por estudantes de graduação e pós-graduação previamente treinados, mediante os seguintes instrumentos: questionário para caracterização do idoso cuidador e do contexto de cuidado; Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI); Escala de Apoio Social do Medical Outcomes Study. Serão realizadas análises descritivas e correlacionais. O teste de Kolmogorov-Smirnov será utilizado para verificar a aderência ou não à distribuição normal das variáveis e definir o uso de testes paramétricos (em caso de normalidade) e não paramétricos (em caso de não normalidade). O nível de significância para os testes estatísticos será p-valor d 0,05. Todos os cuidados éticos que regem pesquisas com seres humanos serão respeitados.