Busca avançada
Ano de início
Entree

Topologias de redes simples e compostas em diferentes modos de interações entre espécies

Processo: 20/06771-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Thomas Michael Lewinsohn
Beneficiário:Rafael Barros Pereira Pinheiro
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Interação ecológica   Redes ecológicas   Mutualismo

Resumo

Em uma comunidade biológica, as espécies interagem de formas antagonísticas e mutualísticas, formando redes complexas. Aninhamento e modularidade são topologias comuns nessas redes porém, apesar de serem padrões distintos e negativamente correlacionados, diversas redes mostram uma combinação de ambos. Uma solução para esse paradoxo aparente é a topologia composta, na qual os padrões predominam em diferentes níveis hierárquicos: a rede é composta por módulos internamente aninhados. Estudos recentes encontraram evidências teóricas e empíricas de que a topologia composta prevalece em redes de interações entre espécies, porém essa predição ainda não foi averiguada. Nesse projeto, primeiro, avaliaremos a prevalência de topologias aninhadas, modulares e compostas em redes de diversos modos de interações. Em seguida, testaremos o efeito da qualidade dos dados na detecção des topologias, definindo critérios mínimos para seu uso. Então avaliaremos fatores determinantes na distribuição das topologias entre redes de diferentes modos, testando também o efeito da intimidade da interação e da diversidade de espécies. Por fim, enfocaremos a variação espacial da topologia de redes, testando duas hipóteses contrastantes: (1) a hierarquização de padrões em topologias compostas se reflete espacialmente, com redes locais aninhadas formando módulos de redes regionais compostas; (2) o padrão modular predomina em redes locais enquanto o aninhamento predomina em escalas espaciais maiores. Produziremos ao menos dois artigos para periódicos internacionais, além de divulgação ampla através de meios apropriados. (AU)