Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das alterações estruturais e neuroquímicas causadas pela lesão seletiva do Locus coeruleus no modelo de alterações não motoras da Doença de Parkinson

Processo: 19/26463-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Ariadiny de Lima Caetano
Beneficiário:Isabella Bacci Bustelli
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neurofarmacologia   Doença de Parkinson   Degeneração neural   Locus cerúleo   Atividade motora   Memória

Resumo

A doença de Parkinson (DP) é definida como uma doença crônica de caráter progressivo e acomete um em cada mil indivíduos da população em geral. Pacientes com DP apresentam sintomas como tremor em repouso, rigidez muscular, bradicinesia, hipocinesia e alterações na postura e no equilíbrio. A degeneração dos neurônios dopaminérgicos é observada na DP principalmente nos neurônios da Substantia Negra pars compacta (SNpc), que enviam projeções para área do estriado (via dopaminérgica nigro-estriatal), formado pelos núcleos da base - caudado e putâmen. A neurodegeneração da SNpc provoca diminuição dos níveis estriatais de dopamina (DA), aproximadamente 70% a 80%, resultando nas manifestações motoras citadas. Além da SNpc, uma proporção de neurônios catecolaminérgicos do Locus coeruleus (LC), apresenta significante degeneração em pacientes com DP. Assim, fortes evidências mostram que a progressão da patologia, bem como a degeneração dos núcleos cerebrais na DP, segue um padrão caudo-rostral, ascendendo do tronco cerebral inferior ao córtex frontal. Estudos clínicos em pacientes com DP mostraram que a degeneração do LC ocorre antes e com uma extensão maior que os neurônios dopaminérgicos da via nigro-estriatal (Patt, Gerhard, 1993; Zarow et al., 2003). Portanto os objetivos deste projeto é verificar se a lesão dos neurônios catecolaminérgicos do LC poderia causar alterações estruturais e neuroquímicas no hipocampo levando às alterações na memória espacial e atencional no modelo de alterações não motoras da Doença de Parkinson. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)