Busca avançada
Ano de início
Entree

Indicadores para avaliar o status de conservação e a efetividade da restauração de ecossistemas abertos do Cerrado

Processo: 20/09257-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Rafael Silva Oliveira
Beneficiário:Natashi Aparecida Lima Pilon
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/07773-1 - Restaurando ecossistemas neotropicais secos - seria a composição funcional das plantas a chave para o sucesso?, AP.TEM
Assunto(s):Conservação   Restauração ecológica

Resumo

Ecossistemas tropicais abertos são historicamente confundidos com campos de origem antrópica ou como produto da degradação florestal. Essa confusão tem limitado ações de conservação e manejo, muitas vezes levando a erros como, por exemplo, a supressão de remanescentes íntegros de vegetação campestre nativa para dar lugar a sistemas produtivos diversos ou mesmo a plantio de espécies arbóreas para "restauração". No Brasil, atualmente não existe literatura científica ou mesmo protocolos que possam guiar tomadores de decisão e cientistas no diagnóstico da integridade e na determinação do valor para a conservação de um determinado remanescente campestre ou savânico. Da mesma maneira, não existem indicadores claros para guiar a restauração desses ecossistemas e atestar a efetividade das ações implementadas. Visando preencher essa lacuna e aprofundar o conhecimento sobre a flora e a ecologia das fisionomias abertas do Cerrado, o presente projeto de pesquisa tem por objetivos: (i) selecionar indicadores e atributos que permitam avaliar o status de conservação desses ecossistemas, diferenciando áreas naturais de áreas degradadas e (ii) demonstrar a efetividade das intervenções de restauração que vêm sendo aplicadas na recuperação da diversidade florística e do funcionamento das fisionomias abertas do Cerrado. Adicionalmente, esse projeto contribuirá com alguns dos objetivos do projeto temático NERC-FAPESP (#19/07773-1). Esperamos avaliar criticamente o papel das técnicas de restauração na recuperação da diversidade taxonômica e funcional desses ecossistemas, além de gerar protocolos e manuais técnicos que ajudem tomadores de decisão no reconhecimento de remanescentes bem conservados de vegetação aberta de Cerrado. Essa avaliação permitirá nortear as próximas pesquisas sobre o tema e, também, otimizar o uso dos recursos para as técnicas mais promissoras e em áreas que realmente necessitam de intervenções de restauração.