Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de agentes clareadores à base de peróxido de hidrogênio e carbamida na remineralização de lesões de manchas brancas

Processo: 20/13036-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2021
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:ALESSANDRA BUHLER BORGES
Beneficiário:Mariane Cintra Mailart
Supervisor no Exterior: Thiago Saads Carvalho
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Bern, Suíça  
Vinculado à bolsa:18/23892-8 - Eficácia e segurança de enxaguatórios clareadores: estudo clínico controlado randomizado, BP.DR
Assunto(s):Peróxido de hidrogênio   Dentística

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar a influência de enxaguatório bucal clareador com peróxido de hidrogênio contendo flúor no potencial de remineralização das lesões de manchas brancas (LMB), avaliadas por reflectometria e análise de microrradiografia transversal. Adicionalmente, o efeito dos tratamentos clareadores na absorção de flúor no esmalte será investigado. 120 espécimes de esmalte / dentina bovino (6mm de diâmetro e 3mm de espessura) com LMB serão submetidos a um modelo de ciclo de remineralização de 8 dias, consistindo de 2h de imersão em solução desmineralizante, 1min de tratamentos com as soluções (enxaguatório clareador, solução de flúor e placebo) e gel fluoretado e 2h para o gel clareador, e 22h para solução remineralizante. Os tratamentos serão realizados antes e após a imersão dos espécimes em solução desmineralizante. Água ultrapura será usada como controle negativo. Os grupos de tratamento são: LWE (Listerine Whitening Extreme - peróxido de hidrogênio 2,5% e fluoreto de sódio 100ppm); OPF (Opalescence PF - peróxido de carbamida 10% e fluoreto de sódio 0,25%); FS (solução de fluoreto - 100 ppm de fluoreto de sódio); PL (enxaguatório bucal placebo - 100 ppm de fluoreto de sódio); FG (gel de fluoreto - fluoreto de sódio 0,25%); e DW (água deionizada - controle negativo). A microdureza Knoop inicial será usada para randomizar as amostras em grupos. Para avaliação da intensidade de reflexão da superfície do esmalte, uma varredura da superfície do esmalte será realizada em três áreas diferentes com o reflectômetro Optical Pen-Size (OPSR) durante as fases de tratamento (antes da desmineralização do esmalte (lado esquerdo da superfície do esmalte), na região de desmineralização do esmalte ( superfície exposta central e direita) e após os tratamentos e ciclagem remineralizante (área central). A perda mineral e a profundidade das lesões serão avaliadas élo método de microrradiografia transversal e visando quantificar o flúor na superfície e subsuperfície do esmalte, a medição do flúor insolúvel em KOH será realizada em espécimes adicionais de cada tratamento (n = 10). Os dados serão submetidos ao teste de normalidade e serão realizados os testes estatísticos apropriados (± = 5%)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: