Busca avançada
Ano de início
Entree

Tecnologias móveis de saúde para a gestão do ciclo menstrual: uma revisão sistemática das lojas online no Brasil

Processo: 20/13066-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Patricia Driusso
Beneficiário:Carolina Carreira Breda
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Tecnologias mobile   Aplicativos móveis   Ciclo menstrual   Monitoramento   Revisão sistemática

Resumo

A menstruação é um processo natural do ciclo menstrual que ocorre em mais de 300 milhões de mulheres por dia. Ciclos menstruais anormais podem levar à descoberta de possíveis distúrbios de saúde, além de instabilidades hormonais durante o ciclo que podem causar sintomatologia como dores de cabeça, flutuação de humor, ansiedade, estresse e até perda de produtividade. No Brasil, estima-se que mais de 50% da população do país são mulheres e destas, 30,67% estão em idade reprodutiva. A literatura mostra que os distúrbios menstruais nessa população estão associados a diversos fatores, sendo assim, é necessárias ferramentas adequadas para educar, monitorar e ajudar as mulheres a identificar as mudanças no ciclo menstrual que podem ser alertas para possíveis distúrbios de saúde. Os aplicativos de saúde móvel oferecem um enorme potencial para auxiliar indivíduos que buscam melhorar a saúde usando a tecnologia como uma ferramenta de autogestão, sendo usados para monitorar o ciclo menstrual e para rastrear sinais e sintomas, controlar a data da menstruação, flutuação de humor, atividade sexual, uso de métodos anticoncepcionais e períodos de fertilidade para planejar a gravidez. Embora haja potencial no uso de aplicativo para monitoramento, a maioria dos aplicativos não foram projetados para o público-alvo, visto que não envolvem usuários ou especialista em saúde na sua fase de desenvolvimento. Portanto, um interesse significativo permanece no desenvolvimento e na avaliação da eficácia dos aplicativos para o ciclo menstrual por parte de especialistas em saúde, pesquisadores em saúde e usuários dispostos a melhorar a autogestão durante o monitoramento do ciclo menstrual. Objetivo: avaliar sistematicamente a disponibilidade de aplicativos de saúde para o ciclo menstrual nas lojas online brasileiras, avaliando engajamento, interface do usuário, experiência e qualidade de informações para desenvolver aplicativos mais centrados no usuário e que auxiliem os profissionais de saúde e usuários sobre as melhores tecnologias móveis disponíveis no Brasil. Métodos: será realizada uma revisão sistemática de todos os aplicativos móveis que foram desenvolvidos ou atualizados entre 2018-2020 disponíveis na AppStore e Google Play do Brasil. O estudo será registrado no banco de dados internacional de revisões sistemáticas (PROSPERO). Análise de dados: As informações e descrições dos aplicativos serão adicionadas a uma planilha no Excel. A avaliação da qualidade dos aplicativos será feita pela escala Mobile App Rating Scale.