Busca avançada
Ano de início
Entree

Migrantes de origem haitiana no bairro de Guaianases: Mobilidade do trabalho e territorialização da migração contemporânea em São Paulo

Processo: 20/06119-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2021
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Amelia Luisa Damiani
Beneficiário:Thauany Vernacci Brewer Pereira Freire
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Este projeto propõe investigar os processos sociais através dos quais vem sendo produzido, de 2014 a 2020, um território migrante de origem haitiana no bairro de Guaianases, Zona Leste do município de São Paulo. Procuraremos identificar as características distintivas da dinâmica territorial movida pela reprodução de trabalhadores/as imigrantes de origem haitiana no contexto metropolitano de São Paulo, a partir da pesquisa sobre o modo como esses/as trabalhadores/as fixam moradia no bairro e produzem aí formas particulares de uso do tempo e do espaço (SEABRA, 2004), que a um só tempo negam e respondem às suas necessidades de inserção na vida urbana da sociedade de destino. Problematizaremos a forma pela qual se processa a produção de territórios migrantes haitianos em Guaianases, partindo da hipótese de que, no âmbito da vida cotidiana, a experiência de haitianos em Guaianases pode sinalizar agenciamentos contraditórios de seus processos re-territorialização (HAESBAERT, 2004b; 2008) na sociedade urbana de recepção. O objetivo de nossa pesquisa é, portanto, revelar em que medida a dimensão territorial dos novos fluxos migratórios no Brasil se articulam às transformações recentes na "mobilidade do trabalho" (GAUDEMAR, 1977) e na "territorialização do capital" (ALFREDO, 2005; TOLEDO, 2008), então movidas na senda da reprodução do capitalismo contemporâneo.