Busca avançada
Ano de início
Entree

A decolonialidade no pensamento informacional latino americano: uma proposta de sistematização a partir de S. Ranganathan

Processo: 20/06971-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Ciência da Informação
Pesquisador responsável:Luciana de Souza Gracioso
Beneficiário:Marilia Winkler de Morais
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil

Resumo

Este projeto parte do entendimento de que os propósitos da Ciência da Informação giram em torno da construção de ações que devem diversificar e fertilizar, de modo transversal e plural, a produção dos saberes. Objetiva-se com esta pesquisa estabelecer diagnóstico e delimitar um conjunto de procedimentos mínimos e iniciais para a constituição de um corpus terminológico que abarque o contexto discursivo da Decolonialidade na Ciência da Informação, propondo uma estrutura inicial de linguagem que possibilite a identificação, sistematização e apresentação das pesquisas deste campo, espelhando o resultado desta análise em uma vitrine do conhecimento sobre o assunto, para que ações convergentes e estruturantes possam ser operacionalizadas e fortalecer este movimento como constitutivo na América Latina. As justificativas para o uso da proposta de S. Ranganathan, como base para categorização e análise dos conteúdos decoloniais latino americanos da Ciência da Informação, são as de que entendemos que, ao pensar estas categorias (PMEST Personalidade/Matéria/Energia/Espaço/Tempo) o filósofo indiano, que também ocupou o lugar da subalternidade nos processos de colonização, conseguiu visualizar uma possibilidade de organização do conhecimento, de leitura das narrativas produzidas pela humanidade, de modo Universal.