Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel do arquiteto no Trabalho Social em provisão de habitação de interesse social

Processo: 20/01908-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Maria Camila Loffredo D'Ottaviano
Beneficiário:Renata Thais Antonialli
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Habitação social

Resumo

Este projeto de pesquisa visa produzir um estudo aprofundado sobre o tema do Trabalho Social (TS) em provisão habitacional, investigando o papel do arquiteto e a dimensão social de seu trabalho nesse contexto. O Trabalho Social é essencialmente elaborado por assistentes sociais e/ou cientistas sociais, porém sabe-se que os grupos atuantes nesse processo são transdisciplinares. Como o TS apresenta uma importância significativa na vida das famílias contempladas, busca-se aqui entender essa intersetorialidade e sua relevância, de forma a consolidar seu papel fundamental no campo da provisão habitacional para população de baixa renda.Ademais, investiga-se como se dá a participação dos arquitetos nessas equipes, qual é o escopo, limites e potencialidades de sua atuação. Será igualmente importante entender como essa proximidade entre equipe técnica e futuros moradores interfere no projeto de habitação e em sua sustentabilidade posterior. Para tal, faz-se necessário acompanhar experiências de profissionais da área e parte dos processos de Trabalho Social de alguns empreendimentos.A pesquisa trata da Região Metropolitana de São Paulo e abordará três conjunturas diferentes para comparação: setor público, por meio da ação da Secretaria de Habitação do Município de São Paulo (SEHAB) e da Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (COHAB-SP); setor privado, representado por uma gerenciadora contratada pelo poder público para cumprir esse serviço de forma terceirizada; assessoria técnica, através de estudo de caso de um empreendimento com enquadramento no Programa Minha Casa Minha Vida-Entidades. Logo, ter-se-á contato com processos latentes, analisando todas suas etapas.