Busca avançada
Ano de início
Entree

Comportamento motor de lactentes de baixo nível socioeconômico aos 3, 4, 5 e 6 meses de idade: estudo longitudinal

Processo: 20/11267-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 06 de abril de 2021
Vigência (Término): 10 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Eloisa Tudella
Beneficiário:Carolina Fioroni Ribeiro da Silva
Supervisor no Exterior: Mijna Hadders-Algra
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: University Medical Center Groningen (UMCG), Holanda  
Vinculado à bolsa:18/24930-0 - Comportamento motor de lactentes de baixo nível socioeconômico aos 3, 4, 5, 6, 7 e 8 meses de idade: estudo longitudinal, BP.DD
Assunto(s):Desenvolvimento infantil   Neurologia   Neuropediatria   Lactentes   Comportamento motor   Psicometria

Resumo

O Infant Motor Profile e o Standardized Infant NeuroDevelopmental Assessment são instrumentos de avalições do desenvolvimento infantil, avaliam aspectos do comportamento motor, neurológico e socioemocionais, desenvolvidos pela Dra. Mijna Hadders-Algra, do Institute of Developmental Neurology Developmental Neurology. Estes instrumentos de avaliação visam identificar precocemente riscos para alterações motoras e neurológicas, como a Paralisia cerebral, e alterações comportamentais e socioemocionais, como a deficiência intelectual ou distúrbio comportamental. O objetivo do estágio no exterior é promover o aperfeiçoamento de conteúdos teóricos e práticos a respeito do desenvolvimento infantil; aprimorar o conhecimento sobre instrumentos de avaliações, com propriedades psicométricas confiáveis, destaques mundiais, os quais poderão ser acessíveis à população brasileira; analisar, tratar e interpretar os dados do projeto de Doutorado Direto; redigir manuscritos e resumos; acompanhar o desenvolvimento de projetos realizados no Instituto Developmental Neurology no período do estágio; proporcionar experiência em parcerias acadêmicas e aplicar no Brasil os conhecimentos obtidos no exterior. Espera-se enriquecer a formação da aluna como pesquisadora, agregar novos conhecimentos aos projetos desenvolvidos junto a seu grupo de pesquisa no Brasil, bem como reafirmar a parceria estabelecida entre a pesquisadora responsável e o supervisor no exterior. (AU)