Busca avançada
Ano de início
Entree

Aumento da resolução genética do locus Zym-2 de resistência ao Zucchini yellow mosaic virus (ZYMV) em melão com marcadores microssatélites e identificação de genes candidatos

Processo: 20/13481-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Gabriel Rodrigues Alves Margarido
Beneficiário:Amanda Ghelfi Dumit
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Melão   Melhoramento genético   Repetições de microssatélites   Resistência genética

Resumo

A cultura do melão é muito importante para o Brasil, especialmente por ser um produto de exportação. O Rio Grande do Norte e o Ceará são os maiores estados produtores, locais nos quais a ocorrência de mosaico amarelo, causado pelo vírus ZYMV, representa um problema. A forma mais eficiente de controlar a doença é através do uso de variedades resistentes. O acesso PI414723 é a única fonte de resistência efetivamente utilizada em programas de melhoramento para a obtenção de variedades resistentes a este patógeno. Sua resistência é controlada ao menos por um locus, denominado Zym-1, localizado no cromossomo II e proximamente ligado ao marcador microssatélite CMAG-36. No entanto, além deste gene, a literatura sugere ainda o envolvimento de ao menos outros dois loci, Zym-2 e Zym-3, mas ainda de posições cromossômicas incertas. Estudos preliminares realizados por nosso grupo indicaram que Zym-2 está localizado no cromossomo X, mas análises com um número maior de marcadores são necessárias para definir com maior precisão estatística o seu posicionamento. Desta maneira, o projeto objetiva a construção de um mapa genético com cerca de dez loci marcadores do tipo microssatélite localizados neste cromossomo com base em dados genotípicos de uma população F2 de 300 indivíduos derivada do cruzamento entre PI414723 e a cultivar suscetível Védrantais. A mesma população será fenotipada para resistência ao ZYMV quantificando-se o título viral por PCR quantitativo e os dados genotípicos e fenotípicos serão usados para o mapeamento do locus Zym-2. Genes candidatos de resistência ao vírus serão então identificados por meio do alinhamento dos marcadores próximos a Zym-2 e a sequência do cromossomo X.