Busca avançada
Ano de início
Entree

Concentradores solares luminescentes flexíveis e de elevado desempenho para conversão fotovoltaica (SolarFlex)

Processo: 20/13309-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Convênio/Acordo: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)
Pesquisador responsável:Sidney José Lima Ribeiro
Beneficiário:Daniel Aragão Ribeiro de Souza
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/07727-7 - Concentradores solares luminescentes flexíveis e de elevado desempenho para conversão fotovoltaica (SolarFlex), AP.R
Assunto(s):Luminescência

Resumo

Fibras ópticas leves e flexíveis opticamente ativas de poli(metacrilato de metila) (PMMA) serão utilizadas como concentradores solares luminescentes cilíndricos (LSCs) com fatores de concentração sem precedentes (F> 10). As fibras ópticas de PMMA revestidas (fibras em massa) ou preenchidas (fibras de núcleo oco) com íons lantanídeos - ou camadas híbridas orgânico-inorgânicas contendo corante serão fabricadas e montadas em feixes. Para demonstrar o potencial da abordagem proposta, dois protótipos serão produzidos por acoplamento i) LSC de metros de comprimento e ii) feixes LSC acoplados a células comerciais de Si PV. A figura de mérito das células Si PV (eficiência quântica externa, EQE) será acessada. Os LSCs exibirão valores de F sem precedentes uma ordem de magnitude maior do que os maiores valores relatados até agora. Os LSCs convencionais geralmente são feitos de vidro rígido ou plástico com flexibilidade limitada, dificultando sua aplicabilidade. A abordagem proposta aqui tem, portanto, um grande potencial para ser um verdadeiro avanço no desenvolvimento de fotovoltaica de guia de ondas de alto desempenho leve e mecanicamente flexível.