Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de conchas de três espécies de moluscos sob diferentes graus de contaminação ambiental

Processo: 20/14576-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2021
Vigência (Término): 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Química
Pesquisador responsável:Ítalo Braga de Castro
Beneficiário:Cyntia Ayumi Yokota Harayashiki
Supervisor no Exterior: Frederic Gilles Marin
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Université de Bourgogne, França  
Vinculado à bolsa:18/08015-0 - Alterações estruturais de conchas e respostas bioquímicas em lapas como biomarcadores de contaminação ambiental, BP.PD
Assunto(s):Biomarcadores   Poluição ambiental   Moluscos   Proteômica

Resumo

A contaminação de sistemas aquáticos é um problema de preocupação global. Dentre as respostas observadas em moluscos expostos a contaminantes, alterações de conchas têm sido recentemente utilizadas como ferramentas de estudos toxicológicos. Alterações na forma e na (micro)estrutura das conchas de moluscos coletados em ambientes contaminados em comparação com áreas de referência foram reportadas em diversas espécies de diferentes países. Entretanto, os mecanismos associados a tais alterações ainda são desconhecidos. Estudos demonstraram que a pequena fração orgânica da matriz da concha (composta por proteínas, glicoproteínas, proteoglicanos e polisacarídeos) é responsável por controlar o processo de biomineralização. Assim, mudanças na composição ou localização destas biomoléculas podem afetar a estrutura e a forma das conchas. Considerando que espécies de moluscos pertencentes a nichos ecológicos diferentes podem apresentar distinta suscetibilidade a contaminantes, a presente proposta tem por objetivo usar diferentes técnicas para caracterizar a estrutura (e.g. SEM, EBSD), a composição elementar (EDX), e a propriedade da matriz das conchas, que serão investigadas através de FTIR, eletroforese em géis mono- e bi-dimensionais, Western Blot, ensaios de cristalização in vitro, proteômicas e perfil de lectina (ELLA). Três modelos de moluscos serão investigados: Crassostrea brasiliana (filtrador), Lottia subrugosa (herbívoro) e Stramonita brasiliensis (carnívoro). As três espécies serão coletadas dentro de um conhecido e bem caracterizado gradiente de contaminação no Sistema Estuarino de Santos. Nossas análises permitirão a comparação dos resultados entre pontos amostrais e entre espécies, e irá identificar qual espécie apresenta maior vulnerabilidade a contaminantes. Em paralelo, esses resultados podem elucidar os mecanismos por trás das alterações na forma das conchas.