Busca avançada
Ano de início
Entree

Política externa brasileira e literatura: em busca de um discurso formativo comum nos concursos de admissão à carreira diplomática do Instituto Rio Branco entre os anos de 2003 a 2016

Processo: 20/09019-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Arthur Roberto Capella Giannattasio
Beneficiário:Caique Sanches Bodine
Instituição-sede: Instituto de Relações Internacionais (IRI). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Política externa do Brasil   Relações internacionais   Relações diplomáticas   Formação profissional   Diplomatas   Análise de conteúdo

Resumo

Com foco na literatura exigida no exame de admissão do Instituto Rio Branco para a Carreira Diplomática entre 2003 e 2016, o projeto tem como objetivo analisar como a literatura pode transmitir uma idéia de identidade nacional para a política externa brasileira no período mencionado. O estudo de fatores internos e externos que levam os Estados a tomar determinadas ações no sistema internacional está no cerne das Relações Internacionais. É importante, portanto, entender os diferentes mecanismos que articulam essas forças - e a formação profissional dos diplomatas é um dos muitos fatores que influenciam a política externa de um país, como qualquer outra política nacional. Portanto, para realizar esse projeto interdisciplinar, este projeto será baseado em uma abordagem qualitativa de fontes primárias (análise de documentos: exames de Rio Branco entre 2003 e 2016 e a literatura exigida nesses exames) e fontes secundárias (revisão de literatura sobre a história da Política Externa Brasileira). As informações serão analisadas de acordo com uma bolsa de estudos que leva em consideração o papel político da literatura.