Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação e tradução do questionário Menstrual Bleeding Questionnaire (MBQ) para a língua portuguesa

Processo: 20/10465-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2021
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Cristina Laguna Benetti Pinto
Beneficiário:Letícia Mansano de Souza
Instituição Sede: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ginecologia   Hemorragia uterina   Qualidade de vida   Língua portuguesa   Tradução   Inquéritos e questionários   Estudos de validação   Estudos de casos e controles
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Menorreia | Qualidade De Vida | sangramento uterino anormal | Ginecologia Endócrina

Resumo

Sangramento uterino anormal (SUA), definido como alteração na regularidade, volume, frequência ou duração do fluxo menstrual, é queixa relativamente comum em mulheres, em especial durante o menacme, com impacto significativo na qualidade de vida. Pode ser tratado utilizando-se opções medicamentosas ou tratamentos cirúrgicos. A avaliação das queixas clínicas ou dos resultados obtidos com o tratamento é feita de diversas maneiras, porém em nosso país não há questionários que avaliem a queixa clínica relacionada à sua repercussão sobre a qualidade de vida. Na literatura mundial, o questionário Pictorial Blood Assessment Chart (PBAC) mostra-se capaz de quantificar a perda sanguínea uterina de acordo com o número e preenchimento dos absorventes utilizados por ciclo menstrual e o questionário Menstrual Bleeding Questionnaire (MBQ) mostra-se como instrumento autoaplicável, relativamente rápido e simples, capaz de avaliar a qualidade de vida das mulheres com SUA. Objetivo: Traduzir e validar culturalmente o questionário Menstrual Bleeding Questionnaire(MBQ) para a língua portuguesa do Brasil. Sujeitos e métodos: Estudo caso-controle com mulheres com SUA (grupo caso) e sem sintomas de SUA (grupo controle), que será realizado nos ambulatórios de Menorragia, Ginecologia Cirúrgica e Planejamento Familiar do Hospital da Mulher "Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti" CAISM/UNICAMP. A validação seguirá o protocolo preconizado no "Guidelines for reporting reliability and agreement studies(GRRAS)", em que o questionário será traduzido para língua portuguesa do Brasil por tradutor juramentado e sua tradução será adaptada através da opinião de ginecologistas especialistas em sangramento uterino anormal. Será, então, aplicado para 5-10 pacientes para avaliar se há alguma falha no entendimento das questões e na maneira de responder. Após a tradução e retradução, para correção de falhas, o questionário será aplicado a 100 mulheres com SUA (grupo caso) e 100 mulheres do grupo controle (com sangramento uterino normal em regularidade, volume, frequência e duração). As mulheres que aceitarem participar do estudo responderão os questionários MBQ e PBAC e um formulário sobre dados sociodemográficos. Serão excluídas gestantes, mulheres com transtornos de comportamento, que não apresentem condições cognitivas de compreensão do questionário e/ou não saibam ler/escrever. Algumas mulheres (do grupo caso), via sorteio, serão reconvocadas por contato telefônico para responder novamente ao questionário. Análise dos dados: Variáveis contínuas serão descritas em média e desvio-padrão ou mediana, valor mínimo e máximo. Para variáveis binomiais, o teste qui-quadrado será utilizado e para as contínuas o teste t de Student. Para a consistência interna, será calculado alfa de Cronbach e o coeficiente de correlação, para teste-reteste será utilizado o coeficiente de correlação intraclasse. A responsividade será analisada pelo teste t pareado ou de Wilcoxon, a depender da distribuição da amostra. Os dados serão tabulados no Microsoft Excel através de uma planilha e depois analisados através do programa Intercooled Stata 13.0. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
REZENDE, GABRIELA PRAVATTA; BRITO, LUIZ GUSTAVO OLIVEIRA; GOMES, DANIELA ANGERAME YELA; DE SOUZA, LETICIA MANSANO; POLO, SERGIO; BENETTI-PINTO, CRISTINA LAGUNA. Assessing a cut-off point for the diagnosis of abnormal uterine bleeding using the Menstrual Bleeding Questionnaire (MBQ): a validation and cultural translation with Brazilian women. São Paulo Medical Journal, v. 142, n. 1, p. 8-pg., . (20/10465-4)
GABRIELA PRAVATTA REZENDE; LUIZ GUSTAVO OLIVEIRA BRITO; DANIELA ANGERAME YELA GOMES; LETICIA MANSANO DE SOUZA; SERGIO POLO; CRISTINA LAGUNA BENETTI-PINTO. Assessing a cut-off point for the diagnosis of abnormal uterine bleeding using the Menstrual Bleeding Questionnaire (MBQ): a validation and cultural translation study with Brazilian women. São Paulo Medical Journal, v. 142, n. 1, . (20/10465-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.