Busca avançada
Ano de início
Entree

Instrumentos para avaliação dos membros superiores e sua relação com a severidade da doença em indivíduos com ataxias cerebelares hereditárias

Processo: 20/12900-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Sandra Regina Alouche
Beneficiário:Emilyn Cristina Baragati
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Graduação. Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Membros superiores   Ataxia   Avaliação   Progressão da doença

Resumo

Indivíduos com ataxias cerebelares hereditárias apresentam alteração na coordenação motora e equilíbrio, com consequentes desordens dos movimentos e repercussões nos membros superiores gerando limitações funcionais nas atividades diárias. Até o momento, não há uma ferramenta que seja considerada padrão ouro para avaliação e acompanhamento da funcionalidade de membros superiores nesses pacientes. O objetivo deste estudo é analisar a validade de medidas de funcionalidade de membro superior e sua relação com a progressão da doença em indivíduos com ataxia cerebelar hereditária. Dados socio-demográficos e clínicos relativos à severidade da doença, por meio da Scale for the Assessment and Rating of Ataxia (SARA) foram coletados em conjunto com os testes de função dos membros superiores (destreza motora, função manual e força) em indivíduos com diagnóstico de ataxia cerebelar hereditária degenerativa. A validade dos testes de Caixa e Blocos, teste de função manual Jebsen-Taylor e medidas de força de preensão palmar e de pinça serão testadas e relacionadas ao impacto da severidade da ataxia cerebelar hereditária. Esses resultados permitirão que futuros estudos prognósticos e modelos de predição sejam desenvolvidos para melhor acompanhamento da funcionalidade dessa população.