Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do meio condicionado por células-tronco mesenquimais com superexpressão de proteína óssea morfogenética 9 na diferenciação osteoblástica e na regeneração óssea

Processo: 20/06599-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2021
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Márcio Mateus Beloti
Beneficiário:Robson Diego Calixto
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/12622-7 - Terapia celular: potencial de células-tronco mesenquimais, VEGF-A e BMP-9 para regenerar tecido ósseo, AP.TEM
Assunto(s):Terapia baseada em transplante de células e tecidos   Células-tronco mesenquimais   Defeitos ósseos   Osso e ossos   Osteoblastos   Proteínas morfogenéticas ósseas

Resumo

A terapia celular utilizando células-tronco mesenquimais (CTMs) derivadas de medula óssea tem sido alvo de investigações científicas nos campos da Odontologia e Medicina por ser uma alternativa promissora para tratamento de defeitos ósseos. As proteínas ósseas morfogenéticas (BMPs) são citocinas pertencentes à família do fator de crescimento transformante beta (TGF-beta) e estão envolvidas em diversos processos biológicos, incluindo a diferenciação osteoblástica e a osteogênese. Dentre as diversas BMPs identificadas, a BMP-9 é considerada uma das mais osteogênicas. Dados preliminares do nosso grupo de pesquisa mostram que CTMs de medula óssea de camundongos, geneticamente editadas para superexpressar BMP-9 (CTMsBMP-9), injetadas em defeitos de calvária de ratos aumentam a formação óssea comparadas a CTMs não modificadas. Esses resultados podem ser explicados, ao menos em parte, pelo fato de que as CTMsBMP-9 secretam moléculas bioativas que estimulam as células presentes na região de interesse e que são secretadas para o meio de cultura quando essas células são cultivadas. Nesse contexto, os objetivos do presente projeto são: (1) caracterizar os meios condicionado por CTMsBMP-9 quanto à presença de citocinas, fatores de crescimento e proteases, (2) avaliar o efeito do meio condicionado por CTMsBMP-9 sobre a migração e proliferação celulares, e a diferenciação osteoblástica de CTMs derivadas de medula óssea de camundongos e (3) avaliar o efeito do meio condicionado por CTMsBMP-9 sobre a regeneração óssea em defeitos criados em calvária de camundongos. Os dados quantitativos serão submetidos ao teste de aderência à curva normal para determinar o teste estatístico adequado a ser aplicado e o nível de significância será de 5%. (AU)