Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação integrada da expressão gênica e da metilação do DNA no transtorno obsessivo-compulsivo

Processo: 20/12484-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Eurípedes Constantino Miguel Filho
Beneficiário:Leonardo Cardoso Saraiva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50917-0 - INCT 2014: psiquiatria do desenvolvimento para crianças e adolescentes, AP.TEM
Assunto(s):Genômica   Metilação de DNA   Epigênese genética   Expressão gênica   Biomarcadores   Transtorno obsessivo-compulsivo

Resumo

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é associado a elevadas prevalência e morbidade, porém, tratamentos de primeira linha produzem resposta satisfatória em apenas metade dos pacientes com o transtorno. A elucidação das bases biológicas do TOC pode contribuir para o desenvolvimento de abordagens diagnósticas e terapêuticas mais eficazes. Em linha com a natureza genética do TOC, investigações iniciais demonstram que desregulações na expressão gênica e na metilação do DNA estão envolvidas nos mecanismos biológicos subjacentes ao transtorno. No entanto, estudos prévios de expressão gênica e de metilação do DNA em TOC possuem limitações metodológicas e tecnológicas. Primeiramente, nenhum estudo realizou a investigação integrada da expressão gênica e da metilação do DNA, a qual permite a avaliação de suas interações em processos biológicos envolvidos no TOC. Além disso, nenhum estudo incluiu familiares de primeiro grau de pacientes com TOC, o que permite a investigação de alterações na expressão gênica e na metilação do DNA associadas ao risco de desenvolver o transtorno. Finalmente, há tecnologias mais acuradas para a mensuração da expressão gênica e da metilação do DNA do que as utilizadas previamente. Dessa forma, este projeto objetiva a investigação integrada da expressão gênica e da metilação do DNA em amostras de sangue periférico de 150 pacientes com TOC, 150 dos seus parentes de primeiro grau e 150 indivíduos saudáveis. Será empregado o estado da arte tecnológico para a medição da expressão gênica e da metilação do DNA. A hipótese deste projeto é que serão identificados genes diferencialmente expressos e regiões genômicas diferencialmente metiladas entre os grupos e que esses genes e regiões estarão conectados em redes de co-expressão e co-metilação, respectivamente. Com isso, poderão ser detectadas alterações na expressão gênica e na metilação do DNA associadas ao TOC e ao risco de desenvolver TOC, assim como os processos biológicos envolvidos nessas alterações. (AU)