Busca avançada
Ano de início
Entree

Circulação nacional e transnacional de modelos pedagógicos e reformas da instrução pública: Maranhão, Rio de Janeiro e França na década de 1850

Processo: 20/11928-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2021
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Carlota Josefina Malta Cardozo dos Reis Boto
Beneficiário:Alexandre Ribeiro e Silva
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/26699-4 - Saberes e práticas em fronteiras: por uma história transnacional da educação (1810-...), AP.TEM
Assunto(s):Maranhão   Rio de Janeiro   Século XIX   História da educação

Resumo

O tema deste projeto de pesquisa consiste na circulação nacional e transnacional de modelos pedagógicos por meio de reformas da instrução pública no século XIX. Debruçamo-nos especialmente sobre o caso de três legislações produzidas em diferentes espaços durante a primeira metade da década de 1850: o Regulamento de 2 de fevereiro de 1855, promulgado na Província do Maranhão; o Decreto 1331-A, de 17 de fevereiro de 1854, mais conhecido como Reforma Couto Ferraz, na cidade do Rio de Janeiro - então Município da Corte e sede do governo imperial -; e a Lei Falloux, decretada em 15 de março de 1850, reestruturando o ensino na França. A problemática gira em torno de compreender o processo de apropriação entre essas leis, atentando para os conteúdos instituídos para a escola primária e o modelo de formação de professores. A intenção é afastar-nos da maneira como o tema vem sendo tratado na historiografia, concentrada nas noções de cópia ou transplante; para tanto, a pesquisa focará as diferenças entre as legislações, entendidas como apropriações realizadas em nível nacional e transnacional que indiciam singularidades e não desvios do original. Portanto, o trabalho recorrerá, para além de um simples procedimento de comparação, ao conceito de redes e a reflexões sobre espaço e escala trazidos pela perspectiva da História Transnacional.