Busca avançada
Ano de início
Entree

Livros antigos, leitores modernos: uma história cultural da leitura do Kitab al'ibar de Ibn Khaldun

Processo: 20/12394-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2021
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História
Pesquisador responsável:Samira Adel Osman
Beneficiário:Marina Garcia Ferreira
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):História da Ásia   História cultural   Tradução   Dinâmica de políticas   Métodos de análise

Resumo

A partir de traduções e fontes secundárias, o presente projeto busca mapear a principal obra de Ibn Khaldun, Kitab al'Ibar. O objetivo é partir de uma história cultural da leitura para compreender as divergências cometidas por tradutores e estudiosos quanto a integridade da obra khalduniana, identificando igualmente as circunstancias heterogêneas que possibilitaram caminhos discordantes do que o autor expôs em sua introdução, para as edições que se seguiram. Assim, este trabalho se debruça especificamente nas traduções em idiomas ocidentais, para compreender também as circunstancias que possibilitaram ou incentivaram o esforço para as traduções: projetos imperialistas e orientalista, ou mesmo os nacionalismos. Propomos uma produção para além da análise do método ou da abordagem política, jurídica, sociológica ou histórica dos Prolegômenos de Ibn Khaldun, como se fez até então. Este projeto preocupa-se com a disseminação da obra como um todo, do Primeiro Livro ao Terceiro, averiguando o que representava sua circulação, sua dinâmica política e intelectual.