Busca avançada
Ano de início
Entree

Revisão do grupo concolor, gênero Odmalea Bergroth (Insecta:Hemiptera:Pentatomidae) utilizando abordagem integrativa através de análise morfométrica

Processo: 20/16349-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2021
Vigência (Término): 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Cristiano Feldens Schwertner
Beneficiário:Lucas Mazzucco Fonzaghi
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Entomologia   Filogenia   Pentatomidae   Morfometria geométrica

Resumo

A taxonomia integrativa propõe o uso de diferentes abordagens para se complementar à clássica descrição de espécies, que tradicionalmente utiliza caracteres morfológicos qualitativos. A morfometria geométrica avalia as formas através da relação matemática entre landmarks, que são posicionados ao longo da estrutura. A morfologia de uma espécie pode variar dento e entre populações, e a utilização da morfometria geométrica permite quantificar a variação morfológica. É importante a revisão de táxons e estudos filogenéticos para que se tenha melhor conhecimento da biodiversidade e os processos que influenciaram sua evolução. O gênero Odmalea Bergroth, grupo de insetos percevejos (Hemiptera: Pentatomidae) da região neotropical pertencente à tribo Procleticini. A última revisão deste táxon foi realizada na década de 70, que mais recentemente foi incluído em uma análise filogenética da tribo. Os resultados indicaram que o gênero é um grupo parafilético, ou seja, suas espécies não compartilham de um ancestral exclusivo. O projeto propõe a revisão do grupo concolor de espécies, gênero Odmalea, a partir da taxonomia integrativa. Os dados utilizados para a revisão incluirão dados quantitativos para testar os limites das espécies reconhecidas o reconhecimento de possíveis novas espécies. Este é o primeiro estudo que aplica ferramentas de morfometria para quantificar tamanho e forma das principais estruturas utilizadas na taxonomia do grupo, incluindo genitália de machos e fêmeas. As aplicações deste trabalho incluem o estabelecimento de novas abordagens para o estudo deste importante grupo de insetos, que incluem espécies de importância econômica.