Busca avançada
Ano de início
Entree

Posídipo de Pela e as coleções de epigramas na Grécia helenística: estudo e tradução

Processo: 20/15536-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2021
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Clássicas
Pesquisador responsável:Fernando Rodrigues Junior
Beneficiário:José Leonilson Fontes Filho
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Tradução   Epigrama   Papiro   Grécia Antiga

Resumo

Descoberto em 1992, o chamado Papiro de Milão (P. Mil. Vogl. VIII 309), datado do final do século III a.C., revelou uma coleção de 112 epigramas gregos helenísticos, alguns dos quais integralmente preservados, distribuídos em 9 seções temáticas identificáveis por títulos. Consoante aos estudos recentes sobre a poesia epigramática grega, a coleção, creditada ao poeta macedônio Posídipo de Pela (c. 315-240 a.C.), constitui o exemplar supérstite mais antigo de um livro de poesia helenística. Este projeto de pesquisa de mestrado propõe apresentação e tradução integral aos epigramas e fragmentos atribuídos a Posídipo nesse corpus, precedidas de um estudo acerca do gênero epigrama e das coleções de epigramas na Grécia helenística (c. 323-31 a.C.). A fim de se analisar a relação existente entre o corpus epigramático do Papiro de Milão e a poesia de Posídipo de Pela anteriormente conhecida, propõe-se, ainda, uma tradução aos outros cerca de 30 poemas preservados sob o nome do poeta, a maior parte transmitida via Antologia Grega, de forma a oferecer, pela primeira vez em língua portuguesa, um quadro geral da obra de um dos epigramatistas gregos mais proeminentes da época helenística. Ao considerar o epigrama em sua especificidade, o trabalho visa a contribuir com as discussões sobre os gêneros poéticos na Antiguidade e suas transformações ao longo do tempo. (AU)