Busca avançada
Ano de início
Entree

O autismo e o processo escolar: um estudo de caso

Processo: 20/05200-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2021
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Vera Lucia Messias Fialho Capellini
Beneficiário:Tacielle Domingues de Araujo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Aprendizagem   Práticas pedagógicas   Educação especial   Inclusão escolar   Inclusão social   Relação social   Transtorno do espectro autista

Resumo

Atualmente, o diagnóstico de autismo decorre do Transtorno do Espectro Autista (TEA) que engloba diferentes condições marcadas por perturbações do desenvolvimento, todas relacionadas à dificuldade no relacionamento social. Com o aumento desse público no contexto de classes comuns, as escolas precisam repensar suas práticas pedagógicas de modo a garantir a aprendizagem de todos os alunos. Assim, o objetivo do estudo é analisar o processo escolar de um aluno com diagnóstico de TEA, além de verificar a concepção dos participantes envolvidos direta e indiretamente nesse processo (pais, professores da classe comum e do ensino especial, coordenador pedagógico, aluno com diagnóstico de TEA e seus colegas), bem como narrar as práticas pedagógicas utilizadas junto ao aluno com diagnóstico de TEA e o seu rendimento acadêmico. A pesquisa propõe uma metodologia de estudo de caso, com a participação de: um aluno com diagnóstico de TEA, aluno dos anos iniciais do Ensino Fundamental; seu professor da classe comum e o do Atendimento Educacional Especializado (AEE); coordenador pedagógico; pais do aluno; e, seus colegas da classe comum. Pretende-se ter como instrumentos de coleta de dados, a) roteiros de entrevistas semiestruturadas; b) ficha de observação; c) diário de campo; e, d) Teste de Desempenho Escolar (TDE). A análise de dados ocorrerá em 3 eixos, sendo eles: a descrição e análise das observações, a interpretação do TDE com articulações as observações e a análise das entrevistas com pontuações teóricas. O conjunto total dos dados obtidos e a escuta das narrativas poderão colaborar como parte do arcabouço teórico psicanalítico e como fundamento para embasar a elaboração de intervenções técnicas, clínicas e até institucionais no processo de escolarização de alunos com diagnóstico de TEA. (AU)