Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem farmacológica do potencial senolítico de frutos consumidos popularmente no Brasil

Processo: 21/00493-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Tânia Araújo Viel
Beneficiário:Laís Oliveira Arrochela Lobo
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças neurodegenerativas   Envelhecimento celular   Produtos naturais   Estresse oxidativo   Ações farmacológicas   Astrócitos   Senolíticos

Resumo

Uma das consequências do aumento da longevidade populacional é o aumento da incidência de doenças neurodegenerativas, tal como a Doença de Alzheimer, a causa mais comum da síndrome demencial. Embora suas causas ainda sejam desconhecidas, estudos mostraram que um dos mecanismos ocasionadores da DA é o estresse oxidativo, que também desempenha papel ativo no processo de envelhecimento celular. Este é caracterizado pela perda de habilidade de divisão das células, desenvolvendo resistência à apoptose e consequentemente se tornando senescentes. No âmbito de tratamento para as doenças relacionadas ao envelhecimento, os senolíticos, incluindo os provenientes de produtos naturais, vêm sendo amplamente pesquisados, pois são fármacos que têm a capacidade de maximizar a vida útil e retardar os aparecimentos de doenças por meio da eliminação das células senescentes. Assim, uma vez que produtos naturais são de fácil acesso à população, é de grande valia estudar o efeito senolítico de tais.