Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de sensores vestíveis baseados em nanomateriais visando à detecção de doenças fúngicas em plantas

Processo: 20/10048-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2021
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2025
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Daniel Souza Corrêa
Beneficiário:Tamires dos Santos Pereira
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/22214-6 - Rumo à convergência de tecnologias: de sensores e biossensores à visualização de informação e aprendizado de máquina para análise de dados em diagnóstico clínico, AP.TEM
Assunto(s):Materiais cerâmicos   Polímeros (materiais)   Materiais nanoestruturados   Dispositivos eletrônicos vestíveis   Eletrofiação   Poliamidas   Ácido láctico   Micoses   Doenças de plantas   Impressão tridimensional

Resumo

Doenças fúngicas anualmente provocam perdas na produção agrícola e grande prejuízo econômico. No Brasil culturas com importância comercial também são afetadas por patologias causadas por estes micro-organismos. O diagnóstico na fase inicial da infecção nas plantas pode significar maior eficiência no controle da doença, com consequente aumento de produtividade e ganhos econômicas. Neste sentido, técnicas analíticas, como o emprego de sensores que permitam o diagnóstico rápido, contínuo, de fácil manuseio, baixo custo e in situ são de grande relevância. Neste trabalho temos como objetivos o desenvolvimento de sensores "vestíveis" (wearable sensors) para aplicação em plantas visando à detecção de doenças. Os sensores serão preparados utilizando estratégias como a eletrofiação, empregando polímeros como poliamida e poli(ácido láctico), modificadas como materiais condutores como polímeros conjugados, nanopartículas metálicas e nanomateriais carbonáceos, depositados em eletrodos que serão acoplados a uma plataforma vestível fabricada por impressora 3D, adequada para fixação em plantas. As nanofibras e os nanomateriais ativos empregados serão caracterizados em relação à sua morfologia, estrutura, propriedades mecânicas, ópticas e elétricas. Para este fim, serão empregadas técnicas como Microscopia Eletrônica Varredura (MEV), Microscopia de Força Atômica (AFM), Espectroscopia na Região do Infravermelho (FITR), Análise Térmica (DSC e TGA), Difração de Raios X (DRX), Ensaio de tração, espectroscopias UV-Vis, de fluorescência e de impedância. Os analitos de interesse a serem detectados incluem metabólitos de defesa liberados pelas plantas nas fases iniciais das doenças. A quantificação será realizada por medidas mudança de coloração e/ou resistência elétrica, antes e após contato com os analitos. Espera-se que este projeto possa contribuir com estratégias para o avanço de diagnósticos precoce de doenças em plantas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MERCANTE, LUIZA A.; PAVINATTO, ADRIANA; PEREIRA, TAMIRES S.; MIGLIORINI, FERNANDA L.; DOS SANTOS, DANILO M.; CORREA, DANIEL S. Nanofibers interfaces for biosensing: Design and applications. SENSORS AND ACTUATORS REPORTS, v. 3, NOV 2021. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.