Busca avançada
Ano de início
Entree

Glicoproteínas putativas de vírus transmitidos por ácaros Brevipalpus e seu papel na formação das estruturas virais

Processo: 20/15413-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2021
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Elliot Watanabe Kitajima
Beneficiário:Camila Chabi de Jesus
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Virologia   Glicoproteínas   Proteínas de ligação ao GTP   Ácaros   Brevipalpus   Dichorhavirus

Resumo

A Leprose dos Citros (LC) é a principal doença viral que afeta a Citricultura brasileira. De origem multetiológica, a LC é causada por vírus bissegmentados dos gêneros Cilevirus [ss(+)RNA, família Kitaviridae] e Dichorhavirus [ss(-)RNA, família Rhabdoviridae], os quais são transmitidos por ácaros do gênero Brevipalpus. Apesar da sua filogenômica contrastante, os Vírus Transmitidos por Brevipalpus (VTB) apresentam um conjunto de características biológicas similares, provavelmente em decorrência de uma evolução convergente atrelada a sua estreita relação com os ácaros vetores. Em geral, as glicoproteínas virais ancoradas nas membranas do envoltório lipídico costumam mediar o reconhecimento específico dos vírions pelos receptores celulares dos hospedeiros ou vetores. Como nos rhabdovírus, os dichorhavírus codificam uma glicoproteína, a proteína G, ORF5:RNA1, cuja função durante o ciclo replicativo é aparentemente contraditória. Embora seja hipotetizada que ocorra correspondência entre a relação filogenética da proteína G dos dichorhavírus e a espécie de ácaro Brevipalpus vetora, as análises de Microscopia Eletrônica de Transmissão (MET) sugerem que as partículas virais aparentemente não apresentam envoltório lipídico. Em contrapartida, a proteína P61 dos cilevírus interage e reorganiza o retículo endoplasmático vegetal, induz a produção de EROs (Espécies Reativas de Oxigênio) e a morte celular. Codificada pelo ORFp61:RNA2 dos cilevírus, as análises in silico sugerem a existência de domínios transmembrana e sítios de N-glicosilação, características bioquímicas que indicam sua possível inserção na envoltura lipídica presente nos vírions dos membros do gênero Cilevirus. O presente trabalho visa verificar se as proteínas G dos dichorhavírus e P61 dos cilevírus são componentes estruturais dos vírions de cada gênero. Para tanto, os genes de ambas as proteínas serão expressos em um sistema de baculovírus recombinante (Baculovirus Expression Vector System, BEVS) para a produção de partículas pseudovirais [virus-like particles (VPLs)]. As proteínas G a P61 serão expressas individualmente ou co-expressas com as proteínas da matriz (M) de dichorhavírus e do vírus da raiva (Rabies rhabdovirus) e a P24, cuja função hipotética se assemelharia à da proteína M dos rhabdovírus. A capacidade de formação de VLPs (trans-complementação) com componentes derivados de mesmo gênero viral (homo-complementação) ou VLP quiméricas combinando proteínas virais de diferentes gêneros virais (hetero-complementação) permitirá inferir sobre as funções das proteínas avaliadas. Tanto as proteínas expressas independentemente quanto as VLP serão purificadas e usadas no desenvolvimento de antissoros específicos. Com eles, objetiva-se a identificação subcelular e a localização das proteínas P61 e G nos vírions durante os processos de formação e amadurecimento dos mesmos nos tecidos vegetais e dos ácaros vetores/hospedeiros. Espera-se mapear os processos de interação das proteínas G e P61 com suas plantas hospedeiras e ácaros vetores, buscando a identificação de possíveis mecanismos universais ou específicos de interação que, quando bloqueados, evitem a transmissão viral. Paralelamente, os antissoros gerados serão caracterizados e convenientemente utilizados como ferramentas na imunodetecção e sorotipagem dos VTB. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)