Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de eletrodos impressos em 3D em estado da arte para estudos eletrocatalíticos

Processo: 20/14769-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Juliano Alves Bonacin
Beneficiário:Mateus Veras Pereira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/22127-2 - Desenvolvimento de novos materiais estratégicos para dispositivos analíticos integrados, AP.TEM
Assunto(s):Eletrocatálise   Impressão tridimensional   Eletrodos   Condutividade

Resumo

A impressão 3D é uma técnica de manufatura aditiva onde é possível imprimir objetos em três dimensões com riqueza de detalhes e precisão adequada. Essa técnica de impressão 3D vem se trazendo grandes avanços na ciência como um todo. A capacidade de descentralização do processo produtivo permite o design e a confecção de peça únicas que vão desde aplicações biomédicas, peças para aeronaves, dispositivos funcionais até eletrodos impressos. Diante desse cenário e da importância dessa técnica, podemos observar um aumento expressivo do número de publicações e de aplicações na área de impressão 3D. E seu uso em química vem ganhando muito espaço na ciência atual, pois permite prototipagens rápidas e específicas. Com isso, os químicos estão encontrando inúmeras aplicações, onde podemos destacar os trabalhos na construção de dispositivos microfluídicos, peças complexas, equipamentos, dispositivos de armazenamento e conversão de energia, acessórios para hifenação de técnicas, eletrodos condutivos impressores, dentre outras. Neste projeto, busca-se desenvolver filamentos condutores e filamentos condutores transparentes para uso impressão 3D e em aplicações eletrocatalíticas. Nosso objetivo é criar nossos próprios filamentos condutores, pois assim, poderemos saber exatamente sua composição. Isso permite um maior controle na modificações e permite um melhor planejamento das aplicações desses filamentos em eletrodos impressos. Além disso, pretendemos comparar nossos filamentos com os filamentos comerciais e vamos iniciar o desenvolvimento de filamentos para impressão de eletrodos 3D transparentes. Com isso, poderemos realizar a aditivação dos filamentos/eletrodos com catalisadores para estudos eletrocatalíticos em condição de prova de conceito. Vamos trabalhar para produzir avanços significativos na área de eletrodos impressos, contribuindo com a publicação de artigos científicos de alto impacto e patentes, quando for o caso. Por fim, esperamos um desenvolvimento profissional e acadêmico de altíssimo nível para o candidato Mateus Veras Pereira. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)