Busca avançada
Ano de início
Entree

Alerta raios: emissão de alerta de risco de queda de raios

Processo: 21/03776-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência (Início): 01 de maio de 2021
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Moacir Lacerda
Beneficiário:Moacir Lacerda
Empresa:EPL Informática Ltda
CNAE: Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Vinculado ao auxílio:20/05692-1 - Alerta Raios: emissão de alerta de risco de queda de raios, AP.PIPE
Assunto(s):Eletricidade atmosférica   Raios   Para-raios   Campo elétrico   Algoritmos   Sensores   Descarga elétrica   Radiação eletromagnética   Análise de imagens   Sistemas de tempo-real

Resumo

Procedimentos industriais de manutenção, de construção, manobras com material inflamável, ou atividades socio-esportivas em áreas abertas devem ser interrompidas quando da queda de raios para aumentar a segurança das pessoas e reduzir perdas econômicas. O tempo de interrupção gera perdas econômicas consideráveis e incômodos à população (paralisação de procedimentos médicos, perda de produtos armazenados em freezers, perda de tempo nos congestionamentos pela queima de faróis, interrupções de atividades em escolas e em treinamento de agremiações esportivas, etc). Retomar as atividades sem comprometer a produção, garantindo a máxima segurança das pessoas e bens requer sistemas inteligentes que viabilizem a tomada de decisão para interromper e retornar as atividades. Neste projeto, desenvolveremos um algoritmo que automatiza a metodologia de emissão de alertas de risco de queda de raios em determinada área a partir da integração de três tecnologias disponíveis: Sistema de Localização de descargas elétricas (SLT), Sensor de Radiação Eletromagnética de Variação Lenta (SREVL) e Sensores de Campo Eletrostático (SCE) apoiados por imagem de vídeo em tempo real (módulo de apoio). A combinação dessas tecnologias permite emitir alertas mesmo quando uma tempestade se desenvolve sobre o local, mas não tem atividade elétrica detectável ou mesmo quando uma tempestade elétrica distante está ativa e raios estão ocorrendo. Além da integração dos diversos sistemas, a novidade da proposta é obter os parâmetros que automatizam a emissão de alertas de queda de raios utilizando dados de uma rede de SCE para monitorar a atividade elétrica da nuvem de tempestade durante seus diversos estágios e localizar os processos de pré-descargas eletrostáticas que antecedem de dez a vinte minutos a ocorrência da primeira descarga nuvem solo. Os modelos clássicos de emissão de alerta usam simplesmente limiares de campo elétrico, o que produz baixa probabilidade de acerto e alta taxa de falso alarme. Utilizaremos inicialmente um conjunto de dados previamente coletado e disponibilizado publicamente pelo Laboratório STORM-T da USP que compreende a rede de raios STARNET (como SLT) e medidas coincidentes de campo elétrico por um SCE e de uma antena alenta do tipo SREVL que conta o número de raios intra-nuvem e nuvem-terra. A partir das medidas de raios da STARNET, o algoritmo calculará a orientação, velocidade de propagação da parte ativa das tempestades, distância que se encontra da área a ser protegida e a taxa de raios. Estes parâmetros, propiciam a emissão de alertas com antecedência de pelo menos meia hora, e a retomada das atividades com maior segurança. O novo produto consiste em fazer uma sinergia entre os diversos sistemas de proteção existentes (SLT e SCE) e já acessíveis à empresa. Serão estudadas as melhores condições de operação do novo sistema a partir da integração desses sistemas de alerta e os critérios de emissão de alerta a partir da análise de situações reais que ocorrerão ao longo da pesquisa. Os resultados esperados como produtos finais são os critérios de alerta combinando essas tecnologias. Pretende-se colocar no mercado um sistema que já dê esse alerta, automaticamente, mas que possa ser adaptado para cobrir situações novas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)