Busca avançada
Ano de início
Entree

Regeneração óssea de defeito crítico em calvárias de ratos fazendo uso de dois tipos de membranas de colágeno: análise histométrica, microtomográfica e perfil inflamatório

Processo: 21/01619-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Ana Paula Farnezi Bassi
Beneficiário:Arthur Henrique Alécio Viotto
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Implantodontia   Cirurgia bucomaxilofacial   Regeneração óssea guiada   Colágeno   Perfil inflamatório   Sistema estomatognático   Histometria   Microtomografia   Teste de Tukey

Resumo

Atualmente a implantodontia se apresenta como uma opção de tratamento muito eficiente para os pacientes que necessitam de reabilitação do sistema estomatognático, porém, a quantidade insuficiente de osso remanescente pode impossibilitar esta modalidade de terapia. Em função disso, foram desenvolvidas técnicas de regeneração óssea guiada para reconstrução ou manutenção dos rebordos alveolares através de enxertos e membranas. O objetivo deste estudo será avaliar o processo de reparo ósseo em defeitos críticos confeccionados em calotas cranianas de ratos, através de regeneração óssea guiada utilizando como material de preenchimento o coágulo sanguíneo e instalação de dois tipos de membranas de colágeno, por meio de análises histométrica, microtomográfica, imunoistoquímica e utilizando como tempos experimentais 7, 15, 30 e 60 dias. Após a eutanásia, as peças serão processadas e os trâmites laboratoriais realizados. Para avaliação, os dados coletados serão submetidos as análises histomorfométrica e perfil inflamatório e os resultados submetidos aos testes de homocedasticidade para verificar os testes estatísticos a serem empregados. Para comparações inter-grupos, serão utilizados os testes de ANOVA One-way com pós-teste de Tukey, se os dados forem paramétricos; e Kruskal-Wallis com pós teste de Dunn, se os dados forem não paramétricos. O nível de significância estatística estabelecido será de 5%.