Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto do bloqueio do receptor de interleucina-6 sobre a resposta aguda ao exercício na sensibilidade à insulina e captação muscular de glicose em pacientes com Artrite Reumatóide

Processo: 20/04877-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Bruno Gualano
Beneficiário:Ítalo Ribeiro Lemes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Reumatologia   Receptores de interleucina-6   Exercício físico   Treinamento aeróbio   Treinamento de força   Glucose   Artrite reumatoide   Técnica clamp de glucose

Resumo

A Artrite Reumatoide (AR) é uma doença inflamatória crônica que afeta as articulações, causando dor, edema, incapacidade física e baixa qualidade de vida. Além disso, pacientes com AR apresentam risco aumentado de desenvolver doenças cardiovasculares e, consequentemente, morte prematura. Dentre os tratamentos farmacológicos mais eficazes, está o uso de agentes biológicos que inibem a ação de substâncias específicas, como a interleucina 6 (IL-6) e fatores de necrose tumoral (TNF). O exercício físico é considerado um tratamento não farmacológico de primeira linha na AR, melhorando o quadro inflamatório e metabólico, a capacidade física e funcional, fadiga e prevenindo o surgimento de DCV. Estudos apontam que a IL-6, quando secretada em decorrência do exercício físico, traz diversos benefícios. Entretanto, não se sabe como é, e se há, a interação entre agentes biológicos bloqueadores de IL-6 e exercício físico sobre respostas metabólicas, como a sensibilidade à insulina, em pacientes com AR. Para trazer luz a essa questão, mulheres adultas (s 18 anos) com diagnóstico de AR (n = 30) e saudáveis (n = 15) serão recrutadas para uma sessão aguda de exercício combinado (aeróbio e resistido). As pacientes com AR serão divididas em 2 grupos, de acordo com o medicamento em uso (tocilizumabe ou anti-TNF). As respostas agudas da sensibilidade à insulina após a sessão de exercício serão avaliadas pela técnica padrão ouro conhecida como clamp euglicêmico hiperinsulinêmico, ao passo que as vias moleculares dessa resposta serão avaliadas por meio de biópsia muscular e posterior análise da expressão gênica e proteica. A tomografia por emissão de pósitrons integrada à ressonância magnética (PET/RM) será realizada para quantificar a captação de glicose pelo músculo esquelético. As respostas dos grupos serão comparadas pela análise de medidas repetidas, com grupo e tempo como fatores fixos, e participantes como fator aleatório. Caso necessário, será realizado o teste de post hoc de Tukey. O nível de significância adotado será de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GUALANO, BRUNO; BRITO, GISELE MENDES; PINTO, ANA JESSICA; LEMES, ITALO RIBEIRO; NAGEM JANOT MATOS, LUCIANA DINIZ; DE SA PINTO, ANA LUCIA; LOTURCO, IRINEU; SPORT-COVID-19, COALITION. High SARS-CoV-2 infection rate after resuming professional football in Sao Paulo, Brazil. BRITISH JOURNAL OF SPORTS MEDICINE, . (17/13552-2, 20/04877-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.