Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo molecular para identificação de novos fatores preditivos em células mamárias humanas e caninas quimioresistentes

Processo: 19/24001-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Fonseca Alves
Beneficiário:Patrícia de Faria Lainetti
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Cães   Cultura de células   Oncologia

Resumo

Os tumores de mama nas cadelas são frequentes principalmente em animais idosos e não castrados. Dentre os casos diagnosticados de neoplasias, mais de 50% são malignos. As neoplasias mamárias nas cadelas tem grande importância, devido à alta casuística nesses animais e por serem consideradas um modelo comparado de estudo para as neoplasias mamárias de mulheres. Dentre as similaridades entre os tumores das duas espécies, estão o aparecimento espontâneo, evolução do tumor, o comportamento biológico e a expressão de alguns receptores. A resistência quimioterápica é um dos principais motivos para a falha da resposta ao tratamento das neoplasias em mulheres e compromete a escolha de protocolos futuros, em caso de recidivas. Nas cadelas há uma dificuldade na escolha do melhor quimioterápico para o tratamento das neoplasias mamárias, uma vez que esses fármacos não tem comprovada eficácia na remissão tumoral e também ocorre o fenômeno da quimioresistência O presente estudo tem o objetivo de avaliar culturas celulares de tumores de mama de cadela e mulher, resistentes à doxorrubicina, a fim de identificar novos alvos terapêuticos. Será induzida resistência com doxorrubicina em duas linhagens celulares de tumores de mama de mulheres (HCC1954 e MCF7) e em 5 culturas primárias de tumores de mama de cadelas. As células cultivadas in vitro serão submetidas à quimioresistência com doxorrubicina e será realizada análise de SNP array, para seleção de SNPs relacionados à quimioresistência e estes serão validados em um grupo de amostras independentes, 250 tumores de mama de cadelas em blocos de parafina, e para as mulheres, os SNPs serão validados no banco de dados de amostras de carcinomas mamários. A validação das amostras de tumores de mama de cadelas também será realizada pelo ensaio de PCR. Posteriormente, serão selecionados SNPs com valor preditivos e a expressão dos alvos terapêuticos nas amostras de cultivo celular será confirmada pela técnica de Western blotting. Após a escolha de alvos terapêuticos, os fármacos selecionados serão testados nas células quimioresistentes. O ensaio de MTT {brometo de [3-(4,5-dimetiltiazol-2yl)-2,5-difenil tetrazolium]} sera realizado para determinação do IC50 e diferentes ensaios in vitro serão realizados para verificar o efeito antitumoral dos fármacos selecionados, como avaliação de formação de colônias e tumoresferas; cultivo 3D e ensaio de expressão gênica por PCR array. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LAINETTI, PATRICIA DE FARIA; LEIS-FILHO, ANTONIO FERNANDO; LAUFER-AMORIM, RENEE; BATTAZZA, ALEXANDRE; FONSECA-ALVES, CARLOS EDUARDO. Mechanisms of Resistance to Chemotherapy in Breast Cancer and Possible Targets in Drug Delivery Systems. PHARMACEUTICS, v. 12, n. 12 DEC 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.