Busca avançada
Ano de início
Entree

Morcegos: vigilância epidemiológica, filodinâmica de alta resolução, busca e design de peptídeos de interesse biotecnológico em vírus emergentes e reemergentes

Processo: 21/03684-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de maio de 2021
Vigência (Término): 30 de abril de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Ricardo Durães de Carvalho
Beneficiário:Ricardo Durães de Carvalho
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/01255-9 - Morcegos: vigilância epidemiológica, filodinâmica de alta resolução, busca e design de peptídeos de interesse biotecnológico em vírus emergentes e reemergentes, AP.JP
Assunto(s):Vigilância epidemiológica   Virologia   Vírus de RNA   Zoonoses por vírus   Infecções por Arbovirus   Filodinâmica   Metagenômica   Sequenciamento de nova geração   Computação de alto desempenho

Resumo

Vírus RNA são importantes agentes envolvidos em zoonoses emergentes e reemergentes, representando um importante problema de Saúde Pública. Este cenário vem sendo constantemente monitorado através de descobertas de novos patógenos, no qual, entra em consonância e interesse internacional visando a identificação de novos agentes com o intuito de responder às novas doenças antes de atingirem à população humana. Neste contexto, os morcegos, com um viroma ainda a ser acentuadamente explorado, cada vez mais vêm recebendo notória atenção por albergar diversos patógenos virais de importância médica (ex.: Nipah, Ebola, SARS-CoV, MERS-CoV e agora o SARS-CoV-2 [COVID-19] pandêmico). Por outro lado, destacam-se os arbovírus, também detectados em morcegos. A saber, Chikungunya (CHIKV), Dengue 1-4 (DENVs), Mayaro (MAYV), Oropouche (OROV), Febre Amarela (YFV) e Zika (ZIKV), responsáveis por mais de 95% dos casos de infecção em todo o território brasileiro. Digno de nota, pesquisas mostram que kits diagnósticos comercialmente disponíveis para a detecção do CHIKV, DENV e ZIKV possuem grandes limitações e que o problema é agravado quanto se trata dos agentes reemergentes: MAYV, OROV e YFV. A presente proposta focará na investigação da presença de vírus RNA em morcegos e em abordagens envolvendo metagenômica e tecnologias de Sequenciamento de Nova Geração (NGS) objetivando identificar novos agentes de importância zoonótica assim como novos agentes arbovirais. Em paralelo, será implementada uma abordagem pioneira através do Estado-da-arte da filodinâmica utilizando a Computação de Alta Performance (HPC), fornecendo assim estratégias para o desenvolvimento de plataformas e workflows para o mapeamento e validação de peptídeos alvo-específicos com finalidade diagnóstica e terapêutica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANDREATA-SANTOS, ROBERT; JANINI, LUIZ M. R.; DURAES-CARVALHO, RICARDO. From Alpha to Omicron SARS-CoV-2 variants: What their evolutionary signatures can tell us?. Journal of Medical Virology, . (21/03684-4, 21/05661-1, 20/08943-5, 19/01255-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.