Busca avançada
Ano de início
Entree

A história de o que em orações interrogativas na língua portuguesa: de periférico à regra geral

Processo: 21/01980-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2024
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Histórica
Pesquisador responsável:Charlotte Marie Chambelland Galves
Beneficiário:Vitor Morelli Silva
Instituição Sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Língua portuguesa   Oração (gramática)   Anotação de corpus
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:corpora anotados | Historia da Lingua Portuguesa | orações interrogativas | sintaxe histórica da língua portuguesa

Resumo

Esta pesquisa visa investigar a variação entre que e o que como pronomes interrogativos ao longo da história da língua portuguesa. O objetivo é encontrar hipóteses para a entrada de o que no português, bem como analisar os contextos sintáticos e textuais em que esse pronome aparece mais frequentemente ao longo do tempo. O corpus desta pesquisa compõe-se dos textos anotados do Corpus Histórico do Português Tycho Brahe e do Corpus Post Scriptum, além de um conjunto de cartas brasileiras, também sintaticamente anotadas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)