Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação imunohistoquímica das proteínas PTEN, ZEB 1 e ZEB 2 como biomarcadores no câncer de mama em cadelas

Processo: 21/00857-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2021
Vigência (Término): 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Debora Aparecida Pires de Campos Zuccari
Beneficiário:Mylena Mitie Saito
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia veterinária   Doenças dos animais   Neoplasias mamárias   PTEN fosfo-hidrolase   Biomarcadores tumorais   Peptídeos e proteínas de sinalização intracelular   Imuno-histoquímica

Resumo

Neoplasias malignas de ocorrência espontânea na espécie canina são consideradas um modelo adequado para o estudo de conceitos biológicos e terapêuticos do câncer na espécie humana. As neoplasias mamárias são a principal causa de câncer em cadelas, com a maior ocorrência em fêmeas de meia idade a idosas, não castradas, sem predisposição racial, sendo a principal causa de morte por câncer, já que, na maioria dos casos, o diagnóstico é tardio e os tumores tendem a gerar metástases pulmonares. A via PI3K/AKT, é uma importante via de sinalização intracelular envolvida em funções como crescimento, proliferação, sobrevivência e angiogênese, que está muito ativa no câncer. Apesar da natureza complexa e multifatorial do câncer de mama, três proteínas relacionadas a essa via têm se destacado como biomarcadores: PTEN, ZEB 1 e ZEB 2. O PTEN possui ação supressora sobre a atividade da fosfoinositídeo 3-quinase (PI3K) e mutações nesse gene estão presentes no câncer de mama. Já os fatores de transcrição ZEB1 e ZEB2, ativados nessa via e envolvidos na diferenciação celular têm sido relacionados à progressão maligna e à transição epitelial para mesenquimal (EMT), na qual as células neoplásicas adquirem propriedades invasivas, caracterizando um prognóstico reservado para cadelas com câncer de mama. Alterações genéticas nesses potenciais marcadores são frequentes no câncer e a inibição dessa via (PI3K/AKT) pode estar relacionada à prevenção e terapia dessas neoplasias. Assim, o objetivo deste trabalho é verificar a expressão das proteínas PTEN, ZEB 1 e ZEB 2 da via PI3K/AKT, como biomarcadores de câncer de mama. Dessa forma, esse estudo pretende fomentar estratégias para o diagnóstico precoce e preciso, visando diminuição significativa na morbi-mortalidade desta doença.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)