Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel do gene irx5 na diferenciação sexual de medaka (Oryzias latipes)

Processo: 21/01254-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Recursos Pesqueiros de Águas Interiores
Pesquisador responsável:Rafael Henrique Nóbrega
Beneficiário:Larissa Vendramini
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia do desenvolvimento   Diferenciação sexual (núcleo celular)   Oryzias latipes   Reprodução

Resumo

O processo de determinação sexual em vertebrados pode ser classificado como mecanismos de determinação genética do sexo (GSD), ou como mecanismos de determinação ambiental do sexo (ESD). A espécie de peixe Oryzias latipes, também conhecida como medaka, é considerada um organismo modelo para os estudos de determinação e diferenciação sexual, apresentando GSD e sistema heterogamético XX/XY cujo gene "master" é o dmrt1bY. No entanto, muito ainda se falta conhecer acerca dos genes envolvidos na cascata de diferenciação sexual de peixes, assim como de vertebrados de um modo geral. Estudos recentes de nosso laboratório (processo FAPESP 18/16595-7; 19/19874-7) demonstraram que o gene da família Iroquois, o irx5, teve sua expressão elevada em gônadas indiferenciadas de robalo-flecha (Centropomus undecimalis) tratados com 17²-estradiol. Esse resultado sugere que gene irx5 possa estar envolvido na diferenciação sexual ovariana de robalo, assim como de outros peixes. Por essa razão, o presente projeto tem como objetivo avaliar o papel do irx5 através de análises de expressão gênica e funcional utilizando o medaka como modelo. Para atender aos objetivos, serão realizadas análises de expressão diferencial do irx5 em fêmeas (XX) e machos (XY) de medaka por qPCR, seguido por knockout do gene utilizando a técnica de CRISPR/Cas9, a fim de identificar as alterações fenotípicas decorrentes da perda de função do irx5. Esses estudos ajudarão a elucidar o papel do irx5 nos mecanismos envolvidos na diferenciação sexual de peixes, podendo ter grande impacto no entendimento desse processo em outros vertebrados, assim como também em áreas aplicadas da aquicultura, como por exemplo para controle do sexo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)