Busca avançada
Ano de início
Entree

Reduzindo tempo sedentário em populações clínicas: o estudo take a stand for health

Processo: 21/04616-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Bruno Gualano
Beneficiário:Jhulia Caroline Nunes Leal da Mota
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/13552-2 - Reduzindo tempo sedentário em populações clínicas: o estudo take a stand for health, AP.TEM
Assunto(s):Atividade física   Sedentarismo   Cirurgia bariátrica   População do Brasil   Estudo clínico

Resumo

Um pouco mais da metade da população brasileira está com sobrepeso ou obesidade, o que configura esta condição como um problema de saúde pública. Recomenda-se como primeira linha de tratamento para a obesidade mudanças de estilo de vida. Contudo, em casos de obesidade grau III, a cirurgia bariátrica é a principal indicação de tratamento, além de ser um tratamento alternativo para algumas condições crônicas associadas á obesidade, tais como o diabetes tipo II. A maioria dos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica possuem estilo de vida inativos e, adicionalmente, despendem muito tempo em comportamento sedentário. Assim, apesar de todos os benefícios, observa-se que o procedimento cirúrgico apresenta pouca ou nenhuma mudança no comportamento sedentário e nível de atividade física desses pacientes. Além disso, pouco se sabe sobre os efeitos da redução do tempo sedentário nessa população. Nesse sentido, o presente projeto tem como objetivo investigar os efeitos de interrupções sucessivas ao comportamento sedentário prolongado (i.e., 3 min de atividade física leve (caminhada) a cada 30 min ao longo de 8 horas) versus 30 min de exercício físico seguido por comportamento sedentário prolongado ou apenas comportamento sedentário (condição controle), em um ambiente controlado, em parâmetros fisiológicos, de pacientes que foram submetidas à cirurgia bariátrica. Para tanto, será conduzido um estudo laboratorial agudo. Os achados desse projeto irão gerar um corpo de conhecimento único, que tem potencial de influenciar áreas como Ciência do Exercício, Ciências Médicas e Ciências Básicas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)