Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficácia de um programa de mindfulness comparado a educação entregues por meio de reabilitação on-line para pessoas com dor femoropatelar: ensaio clínico aleatorizado

Processo: 20/12475-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Fábio Mícolis de Azevedo
Beneficiário:Liliam Barbuglio Del Priore
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Educação   Fatores psicossociais   Atenção plena   Ortopedia

Resumo

A dor femoropatelar (DFP) é um dos principais motivos de consultas em clínicas de ortopedia e fisioterapia e acomete principalmente adolescentes e indivíduos jovens, fisicamente ativos. A literatura aborda basicamente as alterações biomecânicas presentes em pessoas com DFP a fim de explicar sua etiologia, no entanto, existe uma lacuna importante acerca dos fatores psicossociais e comportamentais que parecem influenciar essa desordem. Logo, modelos de avaliação e tratamento que incluam fatores psicossociais devem ser levados em consideração a fim de melhorar o prognóstico dessa desordem a longo prazo. Nesse sentido, esse projeto de pesquisa está baseado em dois estudos: ESTUDO 1: Para o primeiro estudo será elaborada uma revisão sistemática que abordará o efeito das intervenções baseadas em mindfulness em pessoas com desordens de joelho e quadril, a fim de realizar uma ampla busca e estudo bibliográfico do tema em questão, além de preencher as lacunas existentes na literatura. ESTUDO 2 (principal): Para o segundo estudo será elaborado ensaio clínico aleatorizado a fim de irá explorar a eficácia de um programa de mindfulness entregue ao paciente por meio de reabilitação on-line, comparado a um programa de educação, também entregue por meio de reabilitação on-line, em pessoas com DFP. Haverá uma avaliação inicial (baseline) contendo os desfechos ansiedade, depressão, dor autorreportada, função autorreportada, cinesiofobia, catastrofismo, depressão, sintomas de sensibilização central, auto-eficácia, limiar pressórico de dor, detecção mecânica e função objetiva, em seguida, os participantes serão randomizados para dois grupos: (i) Mindfulness ou (ii) Educação. Serão realizadas 8 sessões distribuídas ao longo de 8 semanas, entregues através vídeo-aulas e acesso a um website. Todos os desfechos serão reavaliados ao final da intervenção (follow-up 1) e 12 meses após o término da intervenção (follow-up 2). As comparações entre os grupos pós-intervenção serão realizadas com análise de variância de modelos mistos, além disso, será realizado um modelo de regressão linear a fim de explicar se as mudanças detectadas nos desfechos clínicos estarão associadas as mudanças encontradas nos desfechos psicossociais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)