Busca avançada
Ano de início
Entree

Funcionalidade do fator de transcrição PacC na via de resposta ao pH em dermatófitos

Processo: 21/04263-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 30 de abril de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Nilce Maria Martinez-Rossi
Beneficiário:João Neves da Rocha Fonseca
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/22596-9 - Mecanismos moleculares associados à patogenicidade e resistência em fungos: estratégias para o tratamento de dermatofitoses, AP.TEM
Assunto(s):Biologia molecular   Dermatófitos   Virulência   Fatores de transcrição   Transdução de sinais   Análise de sequência de RNA   Trichophyton   Transcriptoma

Resumo

As vias de transdução de sinais são de primeira importância no contexto da relação parasitária que alguns fungos dermatófitos desenvolvem com os seres humanos. Tais infecções são de difícil tratamento e representam uma questão clínica de grande relevância atual, especialmente em populações vulneráveis ou em envelhecimento. Respondendo a estímulos específicos do ambiente, as vias de transdução são capazes de modular mecanismos celulares de resistência, virulência e resposta adaptativa. Em última instância, produzem alterações fenotípicas através do controle da expressão gênica. O sensoriamento do pH em fungos é um mecanismo conservado e exercido pela cascata de sinalização dos genes pal, que se associam ao fator de transcrição PacC para promover a expressão diferencial de genes-alvo. Desse modo, o metabolismo pode ser alterado para funcionar com maior eficiência em condições ácidas ou alcalinas. Uma relação entre as vias de resposta ao pH e de aquisição de fosfato inorgânico (Pi), conhecida para alguns fungos filamentosos, é assumida como hipótese nesse trabalho para os dermatófitos. A importância da proteína PacC vem sendo progressivamente demonstrada nesses fungos a partir de um mutante produzido no nosso laboratório para a linhagem H6 de Trichophyton interdigitale. Dados preliminares indicam que esse fator é necessário para o crescimento da espécie em unhas e para a capacidade de degradação da queratina, estando também envolvido na glicosilação de proteínas. Considerando esses aspectos, o objetivo principal desse projeto é investir na análise global do transcriptoma (RNA-Seq) das linhagens H6 e ”pacC de T. interdigitale com a finalidade de estabelecer uma relação pH-Pi em dermatófitos, também considerando possíveis crosstalks com outros processos biológicos relevantes. Ademais, análises comparativas com os dados já disponíveis para a espécie T. rubrum serão exploradas. Pretende-se com isso revelar circuitos regulatórios envolvidos nos processos de sensoriamento ambiental e na patogenicidade de dermatófitos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)