Busca avançada
Ano de início
Entree

Tecnologia de reabilitação para prevenção de disfunções musculoesqueléticas e tratamento dos pés de pessoas com Diabetes: FOotCAre (FOCA) prova de conceito e análise de custo-utilidade

Processo: 21/00807-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Isabel de Camargo Neves Sacco
Beneficiário:Ronaldo Henrique Cruvinel Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biomecânica   Tecnologias da saúde   Avaliação em saúde   Reabilitação (terapêutica médica)   Neuropatias diabéticas   Diabetes mellitus   Pé diabético   Tornozelo   Estudo de prova de conceito   Sistema Único de Saúde

Resumo

Considerando as diversas alterações musculoesqueléticas dos pés e tornozelos em pessoas com Neuropatia Periférica Diabética (NPD) e a necessidade do autocuidado a fim de evitar complicações mais graves, um programa de exercícios para fortalecimento dos pés e ganho de mobilidade, pode ser uma estratégia eficaz de prevenção de úlceras nesta população. Entretanto, a aderência a programas de exercícios de forma geral é baixa. Portanto, um software que personaliza exercícios para pés e tornozelos foi desenvolvido como uma alternativa potencial de telereabilitação para que pessoas com diabetes possam melhorar seu automonitoramento e autocuidado. Com a recente inclusão nas Diretrizes Internacionais de exercícios terapêuticos para os pés como forma de prevenção de ulcerações, uma avaliação econômica destes programas torna-se importante. Este tipo de avaliação permite que gestores e tomadores de decisões em saúde possam avaliar com maior clareza os custos e benefícios dos tratamentos e alocar de forma mais eficaz os recursos. Ademais, para realização de uma Avaliação de Tecnologia em Saúde, necessária para se incluir uma nova terapia no SUS (programa preventivo de exercícios para os pés), faz-se necessário uma completa avaliação que inclui: eficácia, segurança e avaliação econômica. Assim, o projeto de doutorado, com vistas a implementar futuramente esta estratégia no SUS, objetiva avaliar a viabilidade, segurança, custo-utilidade e potencial eficácia de um protocolo de exercícios terapêuticos para pés e tornozelos utilizando o SOPeD (Sistema de Orientação ao Pé Diabético) nas respostas clínicas da NPD (sintomas, sensibilidade tátil e vibratória), na biomecânica da marcha, força dos músculos e funcionalidade dos pés. Para avaliar a potencial eficácia do SOPeD, será realizado um estudo prova de conceito - FOot CAre (FOCA), com alocação aleatória e cegamento dos avaliadores. A amostra será composta por 30 participantes, que serão alocados aleatoriamente nos grupos controle ou intervenção e avaliados em 3 momentos. Os desfechos incluem cinemática e cinética do tornozelo e pé e pressão plantar durante a marcha, sintomas e gravidade da NPD, força dos músculos do pé, funcionalidade e saúde geral dos pés e qualidade de vida. Para avaliar o custo-utilidade, o Quality-Adjusted Life Year (QALY) será calculado como o produto da mudança nos valores de utilidade (resultado da intervenção na qualidade de vida) pelo tempo de sobrevida (ganhos de vida em anos). Será realizado também o cálculo da razão de Custo-Utilidade Incremental (RCUI) que permite mensurar o custo-utilidade de diferentes estratégias, sendo relacionado o custo incremental por cada unidade de efeito, neste caso mensurada em QALY. São hipóteses deste estudo que o grupo intervenção terá melhora dos sintomas da NPD, diminuição da gravidade da NPD, melhora da sensibilidade, força muscular, funcionalidade dos pés e qualidade de vida, quando comparados ao grupo controle após 12 semanas de intervenção; que estes efeitos da intervenção se mantenham após 24 semanas de acompanhamento; que a aderência ao uso desta ferramenta de autocuidado será igual ou superior a 70%, que esta tecnologia seja viável e segura e tenha melhor custo utilidade quando comparado ao cuidado usual. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)