Busca avançada
Ano de início
Entree

Alimentos à base de cereais com razão carboidrato-fibra d10:1 na população de São Paulo: análise dos efeitos de mudanças na dieta sobre fatores de risco cardiometabólico

Processo: 20/06110-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Flávia Mori Sarti
Beneficiário:Mariane de Mello Fontanelli
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/05125-7 - Estilo de vida, marcadores bioquímicos e genéticos como fatores de risco cardiometabólico: inquérito de saúde na cidade de São Paulo, AP.TEM
Assunto(s):Alimentos integrais   Carboidratos   Fibras na dieta   Polimorfismo genético   Resistência à insulina   Epidemiologia nutricional

Resumo

Diante da elevada carga global de doenças associada ao baixo consumo de cereais integrais, há necessidade de estimativas robustas quanto aos potenciais efeitos do aumento da ingestão de tais alimentos para promoção de ações e políticas em saúde baseadas em evidências. Assim, a presente investigação propõe avaliação de mudanças no consumo de cereais que atendem à razão carboidrato-fibra d10:1 (razão d10:1) em residentes de São Paulo, a partir de estudo transversal de base populacional conduzido em 2003, 2008 e 2015. A avaliação será conduzida em três vertentes: (1) estimativa da quantidade necessária para obtenção de efeitos sobre fatores de risco cardiometabólico relacionados à resistência à insulina; (2) custos diretos das alterações na dieta no contexto da alimentação da população; e (3) efeitos sobre custos decorrentes de morbidades associadas à resistência à insulina no sistema de saúde. A dieta foi avaliada por meio de dois recordatórios alimentares de 24h, utilizados para estimativa do consumo de cereais com razão carboidrato-fibra d10:1. Preços dos alimentos serão obtidos a partir de microdados da Pesquisa de Orçamentos Familiares para estimativa dos custos da alimentação e efeitos de substituição de cereais refinados por integrais sobre gastos com dieta. Modelos dose-resposta serão utilizados para avaliação de diferenças entre indivíduos na população, assim como estimativa dos desfechos em saúde decorrentes da substituição de alimentos na dieta, segundo fatores de risco cardiometabólico relacionados à resistência à insulina. Custos no sistema de saúde decorrentes de morbidades relacionadas à resistência à insulina que sejam atribuíveis ao baixo consumo de cereais com razão carboidrato-fibra d10:1 serão projetados por meio da fração atribuível populacional, utilizando-se escore de risco genético para fenótipo de resistência à insulina. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)