Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema de pontos para avalição de achados morfológicos em produto de aspiração por agulha fina de nódulos tireoidianos como forma de predizer o diagnóstico de Carcinomas da tireoide

Processo: 21/00710-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:José Cândido Caldeira Xavier Júnior
Beneficiário:Felipe Abrantkoski Borges
Instituição-sede: Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Araçatuba (UNISALESIANO). Missão Salesiana de Ensino de Mato Grosso. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Citopatologia   Câncer papilífero da tireoide   Glândula tireoide   Diagnóstico clínico   Biópsia por agulha fina   Estudo observacional   Estudos retrospectivos

Resumo

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil, a estimativa da incidência de câncer de tireoide, para cada ano do triênio 2020-2022, é de 13.780 novos casos, sendo 1.830 em homens e de 11.950 em mulheres. Apesar de a maioria dos nódulos tireoidianos ser benigno, é um achado que causa preocupação para os pacientes. O estudo das neoplasias malignas da tireoide é importante porque os diferentes tipos de carcinomas tireoidianos exibem apresentação morfológica distinta e prognóstico variável, influenciando os testes diagnósticos e os desfechos clínicos. Em se tratando da primeira avaliação desses nódulos, a Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) é considerada o método de escolha. Por ser um procedimento de baixo custo e pouco invasivo, permite identificar nódulos com maior risco de malignidade que necessitem de tireoidectomia, minimizando o impacto desse procedimento cirúrgico nas lesões classificadas como benignas e evitando resultados falso negativos. Cabe destacar que a elevada incidência de nódulos tireoidianos, principalmente após a popularização de exames de imagem, confirma a importância de pesquisas que estudem esse tipo de lesão, bem como o estudo dos critérios relacionados ao diagnóstico de malignidade, visando a melhora da acurácia e reprodutibilidade da análise dos exames citológicos provenientes da PAAF. Além disso, não existe, na literatura vigente, artigo que avalie a influência de cada um dos critérios citológicos associados ao risco de malignidade de forma comparativa (celularidade, quantidade de coloide, variação do tamanho dos núcleos, presença de fendas nucleares, inclusões nucleares, sobreposição dos núcleos, microcalcificações, presença de papilas, proporção de arranjos foliculares). Objetivo: Elaborar um sistema de pontos baseado em critérios citomorfológicos para avaliação de produtos de PAAF de nódulos tireoidianos com desenvolvimento de um aplicativo de celular buscando melhorar a acurácia e reprodutibilidade da aplicação das categorias de Bethesda. Métodos: estudo observacional analítico baseado em análise retrospectiva de banco de dados e revisão de lâminas do arquivo do Instituto de Patologia de Araçatuba, São Paulo durante período de 6 anos (de 01 de janeiro de 2016 até 31 de dezembro 2021) com estimativa de aproximadamente 3 mil casos. As informações clínicas, como sexo, idade, localização (lobo direito, lobo esquerdo e istmo) e dados ultrassonográficos (tamanho, considerando a medida no eixo maior), serão coletadas dos formulários de requisições médicas. Serão analisadas também variáveis citomorfológicas dos nódulos, extraídas a partir da análise microscópica dos esfregaços. O resultado da PAAF e o resultado da análise da peça cirúrgica (quando disponível) serão consideradas as variáveis desfecho. O resultado citológico da PAAF configura uma variável categórica com as seguintes categorias, baseadas no Sistema de Bethesda: Categoria I (Amostra Não Diagnóstica), Categoria II (Benigno), Categoria III (Atipias de significado indeterminado / Lesão folicular de significado indeterminado), Categoria IV (Suspeito para neoplasia folicular), Categoria V (Suspeito para malignidade), Categoria VI (Maligno). O resultado histológico da peça cirúrgica configura uma variável categórica e será realizado com base na classificação da Organização Mundial de Saúde (presença x ausência de carcinoma; classificação quanto a variante do carcinoma, medida, localização, linfonodos acometidos, invasão perineural e angiolinfática). Resultados esperados: O sistema de pontos será integrado ao desenvolvimento de um aplicativo de celular para auxiliar o processo de tomada de decisão diagnóstica mediante ao exame citológico de nódulos tireoidianos buscando maior acurácia e reprodutibilidade da aplicação das categorias do sistema Bethesda entre diferentes serviços de saúde. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)