Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do inseticida tiametoxam em Scaptotrigona postica Latreille, 1807 (Hymenoptera, Meliponina): determinação da concentração letal média e análise da atividade enzimática

Processo: 21/01359-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Zoologia Aplicada
Pesquisador responsável:Osmar Malaspina
Beneficiário:Geovana Maloni da Silva
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/21097-3 - Interações abelha-agricultura: perspectivas para a utilização sustentável, AP.TEM
Assunto(s):Abelhas-sem-ferrão   Biologia celular   Toxicidade   Ecotoxicologia

Resumo

As abelhas representam um grupo altamente diversificado, são descritas mais de 20.000 espécies pelo mundo. Além disso, são consideradas um dos principais insetos polinizadores em ecossistemas naturais ou culturas agrícolas, dessa forma são responsáveis pela manutenção de diversos ecossistemas e pela realização de serviços ecossistêmicos muito importantes para a humanidade. Apesar disso, nos últimos anos notou-se um declínio na população desses polinizadores e um dos fatores que têm se destacado é o uso indiscriminado de agrotóxicos. No Brasil, o inseticida tiametoxam vem sendo usado em larga escala e além de apresentar características sistêmicas também é um neonicotinóide, ou seja, age principalmente no cérebro dos insetos. Apesar de não serem insetos-alvo, as abelhas são expostas de diversas maneiras aos inseticidas aplicados no campo. Dessa forma, os testes de toxicidade e avaliações de risco para polinizadores buscam respectivamente entender a dimensão desses efeitos e avaliar o uso dos inseticidas, sendo a espécie Apis mellifera utilizada mundialmente como modelo para os mesmos. Contudo, diversos questionamentos foram levantados pelo IBAMA se essa é a melhor espécie para representar as abelhas sem ferrão do Brasil, além de ressaltar a falta de estudo com as mesmas. Assim, o objetivo desse estudo é determinar a Concentração Letal Média (CL 50) para a espécie Scaptotrigona postica utilizando o inseticida tiametoxam. Além disso, por meio da CL 50 entender os efeitos de duas concentrações subletais no cérebro e intestino das abelhas, bem como o tempo de sobrevivência (Tempo Letal médio - TL 50) das mesmas quando expostas a essas concentrações. Por fim, verificar a nível enzimático quais os efeitos causados no cérebro e intestino das abelhas, utilizando respectivamente a enzima que auxilia as sinapses colinérgicas (Acetilcolinesterase) e as responsáveis pela detoxificação (Carboxilesterase ¿ e Glutathiona S-Transferase). Assim, tais abordagens buscam entender os efeitos do inseticida tiametoxam sobre a espécie S. postica e também compreender lacunas de conhecimento sobre a espécie, gerando conhecimentos que podem ser utilizados futuramente em avaliações de riscos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)