Busca avançada
Ano de início
Entree

Tradução, adaptação cultural e validação do Australian Pelvic Floor Questionnaire (APFQ) para o português brasileiro

Processo: 21/02118-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Marair Gracio Ferreira Sartori
Beneficiário:Luana Caran Roque
Instituição Sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Assoalho pélvico   Gestantes   Português do Brasil   Prevalência   Inquéritos e questionários
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Assoalho pélvico | Australian Pelvic Floor Questionnaire | Disfunções do assoalho pélvico | Gestantes | Português brasileiro | Questionário | Urogenital

Resumo

Disfunções do assoalho pélvico (AP) afetam mulheres no mundo inteiro, com milhões de casos de cirurgias para correção o que gera altos gastos e grande sofrimento pessoal (Milsom I et al., 2009). Há diversos fatores de riscos conhecidos para desenvolver essas doenças, como a gravidez e o parto - períodos com maior prevalência para condições como Incontinência Urinária. O Australian Pelvic Floor Questionnaire (APFQ) foi desenvolvido a fim de avaliar as disfunções e fatores de risco do AP. O objetivo deste estudo é realizar a tradução, adaptação cultural e a validação do APFQ para o português brasileiro, seguindo os métodos recomendados pelo guideline proposto por Beaton (Beaton et al., 2000)`. Para análise da validade do constructo, serão aplicados os questionários PFDI-20 (Questionário de Desconforto no Assoalho Pélvico) e o FSFI (Female Sexual Function Index). Para aferição dessa validade, será calculado o coeficiente de Correlação de Spearman. Para a análise de concordância entre os instrumentos, será calculado o erro padrão da medida (SEM). Para avaliar a consistência interna da escala, será calculado o alfa de Cronbach. Para a análise de confiabilidade, serão calculados os índices de correlação intraclasse do tipo ICC (2,1) e ICC (3,1) para a confiabilidade intra-avaliador.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AMORIM, AMANDA; ROQUE, LUANA CARAN; SARTORI, MARAIR GRACIO FERREIRA; GPAP STUDY GRP. Australian Pelvic Floor Questionnaire: translation, cultural adaptation, and validation. INTERNATIONAL UROGYNECOLOGY JOURNAL, v. N/A, p. 6-pg., . (21/02118-5)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.