Busca avançada
Ano de início
Entree

Imunogenicidade e segurança da vacina CoronaVac em pacientes com doenças reumatológicas autoimunes doença: artrite reumatoide

Processo: 21/06613-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2021
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Eloisa Silva Dutra de Oliveira Bonfá
Beneficiário:Tatiane Lie Nakai
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/03756-4 - Avaliação da relevância dos níveis sanguíneos de drogas utilizadas em doenças autoimunes reumatológicas no acompanhamento da segurança, eficácia e aderência à terapêutica, AP.TEM
Assunto(s):Reumatologia   Doenças autoimunes   Artrite reumatoide   Imunogenicidade   Imunossupressão   Vacinas contra COVID-19   Vacina CoronaVac   COVID-19   SARS-CoV-2   Betacoronavirus

Resumo

A pandemia de COVID-19 progrediu rapidamente por todo o mundo, alcançando letalidade de até 20% em diferentes regiões (Garcia LF, 2020). Casos mais graves foram observados em pacientes idosos e com comorbidades, particularmente naqueles com doenças cardiovasculares ou respiratórias crônicas, diabetes e hipertensão (Garcia LF, 2020; Emmi G, 2020). A infecção pelo SARS-Cov-2 levantou uma preocupação particular em pacientes com doenças reumáticas autoimunes (DRAI) (Garcia LF, 2020; Emmi G, 2020). Devido à desregulação autoimune inflamatória crônica e ao uso regular de medicamentos imunossupressores (Fernandez-Ruiz R, 2020), esses pacientes foram considerados de alto risco de contrair SARS-CoV-2 e potencialmente de pior prognóstico (Fernandez-Ruiz R, 2020). Estudos de eficácia da vacina são necessários para verificar a imunogenicidade da vacina contra COVID-19 em pacientes imunossuprimidos com doença reumatológica. Além disso, é relevante avaliar a segurança da vacina nessas populações, assim como a possibilidade de reativação da própria doença reumatológica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)