Busca avançada
Ano de início
Entree

Biocontrole baseado em Wolbachia para redução de arboviroses

Processo: 21/03039-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2023
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Produção - Pesquisa Operacional
Pesquisador responsável:Helenice de Oliveira Florentino Silva
Beneficiário:Antone dos Santos Benedito
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Aedes aegypti   Controle biológico   Controle ótimo   Equações diferenciais   Wolbachia   Otimização

Resumo

Recentemente, uma nova modalidade de controle epidemiológico de arboviroses tem ganhado destaque: a liberação de mosquitos Aedes aegypti laboratorialmente infectados com abactéria endossimbionte Wolbachia. As características mais importantes deste biocontrole são a capacidade de bloquear a transmissão de arbovírus e a possibilidade de manutenção da bactéria nos indivíduos das próximas gerações do mosquito, tornando o controle das arboviroses efetivo e ambientalmente correto, o que têm motivado as pesquisas e a aplicação desta técnica nosâmbitos corporativo e acadêmico. Por outro lado, o sucesso deste biocontrole depende deimportantes fatores tais como o tipo de cepa da bactéria a ser utilizada, a adequada periodicidade de liberação dos mosquitos, o tamanho mínimo viável das populações de mosquitos infectados a serem liberados, a temperatura ambiente, dentre outros. Neste contexto, a matemática computacional provê uma poderosa abordagem ao problema, uma vez que esta consegue tratar todos estes fatores de forma ótima e permite a pré-visualização de diferentes possíveis cenários antes que qualquer intervenção prática em ambientes seja efetivamente iniciada, promovendo maior assertividade na execução e melhor gerenciamento de recursos. Assim sendo, pretende-se através de uma investigação metódica de modelagens matemáticas do problema, associada a simulações computacionais, determinar os critérios de aplicação supramencionados de modo a garantir a atratividade desta técnica de controle como robusta, ecologicamente correta e,principalmente, viável economicamente a partir de sua relação custo-benefício. O projeto éexequível pois conta com o apoio da UNESP e dos membros dos projetos FAPESP 2020/10964-0 (cooperação Brasil/Colômbia) e FAPESP 19/22157-5 (cooperação Brasil/França) e osproponentes têm bastante experiência nesta linha de pesquisa e fortes vínculos com grupos de pesquisa nacionais e internacionais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)